Sistema de Consórcios em abril/2022: dados econômicos

30 . maio . 2022

O Sistema de Consórcios manteve o ritmo de crescimento no acumulado dos quatro primeiros meses de 2022. Um dos destaques foi a venda de novas cotas, que atingiram 1,18 milhão. Isto possibilitou um avanço de 15,6% no total de negócios realizados, já que o tíquete médio de abril avançou 12,4%.

Dos seis indicadores, quatro registraram crescimento nas novas comercializações: eletroeletrônicos e outros bens móveis duráveis, com 196,6%; veículos pesados, com 96,6%; imóveis, com 20,3%; e motocicletas, com 8,8%. Os outros dois, veículos leves e serviços apresentaram estabilidade e retração de 20,8%, respectivamente. 

Confira no quadro abaixo o resumo dos seis principais indicadores do Sistema de Consórcios em abril de 2022. Eles foram compilados pela assessoria econômica da ABAC e estão em comparação com o mesmo período de 2021. Caso tenha alguma dúvida sobre essas informações, leia mais no post Entenda os números do Sistema de Consórcios.

Resultados do Sistema de Consórcios por segmento

Consórcio de Veículos Leves

Dos seis indicadores, cinco cresceram no encerramento do 1º quadrimestre de 2022. Porém, nenhum deles fechou em queda, já que as adesões permaneceram estáveis. O melhor desempenho se deu em créditos disponibilizados, que se aproximaram de R$ 10 bilhões aos 188,07 mil contemplados.

Consórcio de Motocicletas

Todos os indicadores do segmento de motocicletas fecharam o 1º quadrimestre em alta. O melhor desempenho se deu no volume de créditos disponibilizados, que aumentou 29,8%. Na sequência aparecem os créditos comercializados, que se aproximaram de R$ 6 bilhões. 

Consórcio de Veículos Pesados

Proporcionalmente, as adesões ao consórcio de veículos pesados só cresceram menos que as do consórcio de eletros. As vendas de novas cotas quase dobraram. Representando quase dois terços do total de participantes ativos no segmento de pesados, muito desse desempenho se deve ao consórcio de caminhões. Saiba mais sobre isso neste post.

Consórcio de Imóveis

Cinco dos seis indicadores do consórcio de imóveis fecharam abril em alta. A maior delas ocorreu em cotas vendidas, que avançou 20,3% ante janeiro a abril de 2021. Já em relação ao resultado negativo, ficou por conta do tíquete médio que baixou 3,9% em abril. Porém, o aumento nas adesões possibilitou que os valores contratados crescessem 11,4%, atingindo R$ 31,5 bilhões.

Consórcio de Eletros

A venda de cotas do consórcio de eletros quase triplicou no acumulado até abril, avançando 196,5%. No mesmo período, os créditos contratados cresceram 127,5%. Isso ocorreu mesmo com a redução do tíquete médio de abril, que abaixou 58% – único desempenho negativo do segmento no 1º quadrimestre de 2022.

Consórcio de Serviços

O total de consorciados ativos em abril cresceu 8,4% no segmento de serviços. Isso indica que, mesmo com a queda nas vendas, o interesse dos consorciados em concretizar seus objetivos através do consórcio cresceu no primeiro quadrimestre. À propósito, você já leu a pesquisa mais recente sobre o consórcio de serviços realizada pela ABAC? Clique aqui para saber mais!

Categoria(s):

Drops de Mercado

Tag(s):

, , , , , ,

Deixe seu comentário

Receba novidades



    Mais vistos

    Nenhum dado até agora.

    ENVIE SUGESTÕES
    DE POSTAGENS