Publicado em 29/05/2017 as 12:35H
Consórcio de A a Z

Posso mudar o valor da minha carta de crédito?

Você fez um consórcio para receber determinado crédito mas mudou os planos e agora precisa de um valor diferente. Seja ele maior ou menor, saiba quais são os recursos para ajustar a carta de crédito ao seu novo objetivo.

Ao aderir ao Sistema de Consórcios, você precisa escolher um grupo com as condições que melhor atendem às suas necessidades, como valor da carta de crédito e seu critério de atualização. Se deseja adquirir um veículo de R$ 40 mil, por exemplo, você precisa aderir a um grupo que disponibilize essa quantia quando da contemplação por sorteio ou lance (sem considerar possíveis atualizações do crédito). Caso seu desejado mude com o passar do tempo, você poderá adaptar o consórcio à sua nova meta.

Para optar por um crédito maior ou menor que o valor contratado, você deverá entrar em contato com a administradora e confirmar a viabilidade de uma alteração contratual. A empresa analisará se o grupo do qual você participa comporta o novo valor desejado, seja ele de maior ou menor valor.

Ao autorizar a mudança de valor do crédito, a administradora recalcula o saldo devedor, de acordo com o novo valor de crédito, o que refletirá automaticamente nas prestações. No caso de mudança para um crédito maior, a empresa avaliará sua capacidade de pagamento das novas parcelas.

Após a contemplação 

Não é possível fazer alteração contratual para mudança da carta de crédito após a contemplação. Porém, caso deseje adquirir um bem ou serviço de menor valor que o contratado, você pode utilizar a diferença da sua carta de crédito de três formas, a seu critério, conforme estabelece a Circular 3.432 do Banco Central do Brasil:

  1. Para pagamento de obrigações financeiras vinculadas ao bem ou serviço, como transferência de propriedade, tributos, registros cartoriais, instituições de registro e seguros, desde que respeitado o limite total de 10% do valor do crédito contratado;
  1. Para quitação das prestações vincendas na forma estabelecida em contrato;
  1. Ou receber a diferença em espécie quando suas obrigações financeiras para com o grupo estiverem quitadas.

Já se desejar um bem de maior valor após a contemplação, você deverá complementar sua carta de crédito com recursos próprios. No caso de consórcio para compra de imóveis residenciais, você ainda pode utilizar o saldo de sua conta no FGTS. Para saber mais, leia também Como usar o FGTS no consórcio de imóvel residencial (parte I).

Seu objetivo pode mudar, mas com planejamento é sempre possível alcançá-lo. O importante é ter disciplina e tomar as atitudes certas para transformar sonhos em projetos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

26 comentários sobre “Posso mudar o valor da minha carta de crédito?”

  1. alfieri disse:

    Tenho uma carta de consorcio contemplada e já usado o valor, posso utilizar outra carta de consorcio para quitar a que eu já tenho?

    1. ABAC disse:

      Olá, Alfieri.

      Sua dúvida foi respondida por e-mail. Conte com a ABAC para o que precisar!

      Abraços

  2. italo disse:

    se eu interpretei bem o texto , só posso fazer essa mudança antes de ser contemplado?

    1. ABAC disse:

      Olá, Ítalo.

      Sim, qualquer alteração somente será possível antes da contemplação.

      Abraço

  3. Pedro disse:

    Tenho uma carta no valor de 58.000,00.
    Posso escolher um carro valor um pouco menor e adicionar opcionais ao veículo até chegar no valor da carta?

    1. ABAC disse:

      Olá, Pedro.

      Nos termos do parágrafo 3º do artigo 12 da Circular BC nº 3.432/2009, o consorciado que adquirir bem com preço inferior ao valor do crédito, a diferença deve ser utilizada, a seu critério, para (i) pagamento de obrigações vinculadas ao bem, observado o limite total de 10% do valor do crédito, relativamente às despesas com transferência de propriedade, tributos, registros cartoriais, instituições de registros e seguros; (ii) quitação das prestações vincendas na forma estabelecida no contrato e (iii) devolução do crédito em espécie ao consorciado quando suas obrigações financeiras, para com o grupo, estiverem integralmente quitadas. Quanto aos opcionais, recomendamos consultar a sua Administradora.

      Abraço

  4. Vinicius disse:

    Tenho uma carta de R$ 26.000,00 e quero subir o valor para R$ 45.000,00, na minha carta atual ja pague 22.000,00 qual a conta que devo fazer para estipular o valor da parcela que vai ficar?
    taxa é de 22%

    1. ABAC disse:

      Olá, Vinicius.

      Se você ainda não foi contemplado é possível aumentar o valor do crédito, desde que tal operação seja aprovada pela Administradora Neste caso, um novo recalculo será realizado pela Administradora. Deste modo, consulte a Administradora para obter maiores informações.

      Abraço

  5. Valdinei Damaceno dos santos disse:

    Ola, tenho uma carta no valor de R$46.490,00. Ja paguei R$ 8.551,00. Quero mudar para uma carta valor menor. Esse valor que ja paguei posso usar para dar de lance? Ou para diminuir no valor das parcela da carta de menor valor caso consigo migrar para essa? Se for possivel eu perco muito para essas mudança?

    1. ABAC disse:

      Olá, Valdinei.

      Aprovada pela administradora a alteração contratual, ela providenciará o recalculo do seu saldo devedor. As prestações já pagas devem ser atualizadas de acordo com o novo preço, devendo o valor resultante ser somado às prestações devidas ou das mesmas subtraído, conforme o novo preço seja superior ou inferior, respectivamente, ao originalmente previsto no contrato.

      Abraço

  6. julio cezar da siva disse:

    Bom dia, eu estava pagando uma carta de no valor 311 reais por mês e decidi alterar o valor da carta de credito para mais, a principio o valor que eu pagaria por mês seria de 401 reais mas essa primeira parcela reajustada foi para 500 reais. Existe algum tipo de taxa por mudar o valor da carta?

    1. ABAC disse:

      Olá, Julio. Esclarecemos que somente pode ser cobrado as taxas contratadas. Deste modo, consulte o contrato para verificar os pagamentos a que o consorciado está sujeito.
      Abraço

  7. Alexandre V Passos disse:

    Tenho mm consórcio imobiliário o valor é de R$ 550 mil ainda não fui contemplado, pago mensalmente R$ 3.570,00, o total já pago foi de R$ 160 mil, posso mudar meu consórcio para um valor de R$ 200 mil para pagar a mensalidade a menor?

    1. ABAC disse:

      Olá, Alexandre.

      É possível solicitar a redução do valor do crédito. Entretanto, compete à Administradora avaliar tal possibilidade. Por isso, recomendamos que consulte sua administradora.

      Abraço!

  8. LEONARDO disse:

    BOM DIA!!
    TENHO UMA DUVIDA!!!
    TENHO UMA CARTA DE CREDITO JA APROVADA PELO O BANCO PARA COMPRA DE UMA CASA, PORÉM AINDA NÃO ASSINEI O CONTRATO, SERIA POSSIVEL AUMENTAR MEU VALOR ANTES DA ASSINATURA DO CONTRATO?
    ESTANDO A CARTA JA APROVADA SERÁ POSSIVEL ALTERAR O VALOR?

    1. ABAC disse:

      Olá, Leonardo.

      Após a contemplação não é possível alterar o valor do crédito.

      Abraço!

  9. Odair Santana disse:

    Pago um consórcio em uma administradora e gostaria de saber se consigo transferir o valor ja pago para outra empresa do mesmo seguemento ou seja “portabilidade”?

    1. ABAC disse:

      Olá, Odair.

      No Sistema de Consórcios não é possível realizar tal operação.

      Abraço!

  10. Patrícia disse:

    Fiz o consórcio de uma moto no valor de 8mil, já paguei 4.745 reais para quitar resolvi mudar para uma de valor inferior, porém fui informada de q não poderia realizar a mudança pq no grupo não tinha outra inferior, sendo q não me informaram isso qndo fiz o consórcio e tbm não tem no contrato, é correto isso ou posso procurar o Procon?

    1. ABAC disse:

      Olá, Patrícia.

      Se o grupo de consórcio é composto por créditos diferenciados, o contrato deve informar tal característica. Embora seja prevista a possibilidade do consorciado não contemplado solicitar a redução do valor do crédito contratado, caberá à Administradora avaliar tal viabilidade. Vale registrar que, se o grupo que você participa não possuir crédito de menor valor, a redução não será possível. Consultar o PROCON é um direito do consumidor.

      Abraço!

  11. Andrade Fernandes disse:

    Fiz um consórcio de uma moto no valor de R$ 40.000 e não estou conseguindo mas pagar as prestações . Já paguei R$ 16.000 e queria pegar uma moto nesse valor como faço ?

    1. ABAC disse:

      Olá, Andrade.

      Como você pode ter observado ao ler a nossa matéria, caso o consorciado ainda não tenha sido contemplado, é possível solicitar a redução do valor do crédito. No entanto, compete à Administradora apurar a viabilidade de tal pedido. Caso a Administradora aprove a alteração contratual, será realizado o recalculo do seu saldo devedor, a fim de que as prestações pagas sejam atualizadas de acordo com o novo valor do crédito. Consulte a sua Administradora para obter informações mais detalhadas.

      Abraço!

  12. José André bispo disse:

    Boa tarde tenho um dinheiro investido em uma empresa de consórcio porém quero fazer um novo em uma empresa melhor e com mais nome no mercado posso transferir o dinheiro investido da antiga ?

    1. ABAC disse:

      Olá, José.

      No Sistema de Consórcios não é possível realizar a portabilidade de quaisquer valores para outra Administradora.

      Abraço!

  13. Bom dia, já paguei 34.000,00 de 83,000,00 gostaria de saber se já consigo resgatar essa carta ou fazer um plano menor já que não estou conseguindo pagar as prestações? Obrigado

    1. ABAC disse:

      Luciano,

      Como você pode ter observado ao ler a nossa matéria, caso o consorciado ainda não tenha sido contemplado, é possível solicitar a redução do valor do crédito. No entanto, compete à Administradora apurar a viabilidade de tal pedido. Caso a Administradora aprove a alteração contratual, será realizado o recálculo do seu saldo devedor, para atualização das prestações pagas de acordo com o novo valor do crédito. Consulte a sua Administradora para obter informações mais detalhadas.

      Abraço!