credito-contemplado-consorcio
Publicado em 15/10/2015 as 14:21H
Consórcio de A a Z

Como usar o crédito ao ser contemplado

O momento de usar o crédito é o mais esperado por quem participa de um grupo de consórcio. Afinal, é quando o consorciado, ao ser contemplado por sorteio ou lance, pode usar o dinheiro do fundo comum que ajudou a formar junto com outros participantes de seu grupo.

Nessa hora, além de poder realizar o sonho de adquirir determinado bem ou serviço, o consorciado conta com várias vantagens do consórcio, como o poder de pagar à vista e, com isso, ter a chance de conseguir bons descontos com negociações, e a oportunidade de escolher qualquer bem ou serviço da categoria de seu grupo de consórcio.

Para mostrar como é simples usar o crédito contemplado, respondemos às principais dúvidas dos consumidores sobre o assunto. Confira!

1) O que posso comprar com o meu crédito contemplado?

Assim que for contemplado por sorteio ou lance no consórcio, você pode usar o crédito contemplado para comprar qualquer bem ou contratar qualquer serviço pertencente à categoria de seu grupo de consórcio. Então, se você fizer um consórcio para adquirir automóvel, vai poder escolher usar o crédito contemplado para comprar qualquer tipo ou marca de veículo que desejar ou até mesmo adquirir aeronave, embarcação ou máquinas e equipamentos, já que esses bens móveis também fazem parte da mesma categoria que o automóvel, de acordo com as regras do Banco Central.

E, para entender como são divididos os grupos de consórcio e, assim, saber o que os participantes de cada grupo podem comprar, veja a tabela abaixo:

  • Grupo de serviços ou conjunto de serviços: Viagens, eventos (como festas de casamento ou formatura), serviços médicos (como cirurgia plástica), odontológicos, residenciais (como reformas) etc.
  • Grupo de bens imóveis: Qualquer bem imóvel, construído ou na planta, inclusive terreno. Nesse grupo, também está incluída a opção de reforma do imóvel, desde que em município de operação da administradora de consórcio ou em município diverso com autorização da administradora, se o contrato estiver referenciado em bem imóvel.
  • Grupo de bens ou conjunto de bem móveis: Veículo automotor, aeronave, embarcação, máquinas e equipamentos, se o contrato estiver referenciado em qualquer bem mencionado neste item; qualquer outro bem móvel ou conjunto de bens móveis que tiverem contratos referentes a bem móvel ou a um conjunto de bens móveis que não foram mencionados no primeiro item. Exemplo: eletroeletrônicos.

2) O que acontece se eu comprar um bem ou serviço com preço inferior ao valor da minha carta de crédito?

Se o valor do bem ou serviço que você vai adquirir for menor do que o valor recebido por meio da contemplação, a diferença pode ser utilizada, a seu critério, da seguinte maneira: O que acontece se eu comprar um bem ou serviço com preço inferior ao valor da minha carta de crédito?

I – Pagamento de despesas (transferências de propriedade, tributos, registros cartoriais, instituições de registros e seguro) relacionadas à aquisição do bem ou do serviço, usando até 10% do valor total de crédito recebido na contemplação;

II – Quitação de prestações do consórcio, conforme estabelecido em contrato;

III – Recebimento da diferença em espécie, desde que suas obrigações financeiras para com o grupo e administradora estejam totalmente quitadas.

3) E se o preço do bem ou serviço for maior do que o valor do meu crédito?

Nesse caso, você pode complementar o valor do bem ou serviço com recursos próprios. E vale destacar que, no caso do consórcio de imóveis residenciais, você pode ainda usar seu FGTS. Confira aqui as possibilidades!

4) Onde posso comprar o bem ou contratar o serviço com meu crédito contemplado?

No Sistema de Consórcios, você tem total liberdade para escolher o fornecedor do qual deseja adquirir o bem ou serviço. Para isso, basta comunicar à administradora, nos termos do contrato, as suas escolhas.

5) Como é feito o pagamento para o fornecedor escolhido?

Quem irá realizar o pagamento do seu bem ou serviço é a administradora de consórcios que administra sua cota. Ela assume total responsabilidade pela operação. Por isso, é sempre importante procurar uma empresa autorizada a funcionar pelo Banco Central.

6) Eu preciso apresentar garantias para adquirir o bem ou serviço desejado?

Como o objetivo do consórcio é unir pessoas em um grupo para formar uma poupança única, da qual todos os participantes podem usar uma parte para comprar um bem ou contratar um serviço, é muito importante que cada consorciado seja pontual com seu pagamento, mesmo depois de ser contemplado por sorteio ou lance.

Assim, uma das medidas para manter a segurança e o direito de compra de todos os participantes do grupo tomadas pela administradora, como regra geral, é pedir como garantia o próprio bem adquirido com o consórcio. Por exemplo: se você comprar um carro com o consórcio, deverá apresentar o próprio veículo como garantia.

No caso de consórcio imobiliário, a garantia pode ser o próprio imóvel adquirido com o consórcio ou outro imóvel do consorciado.

Já no consórcio de serviços, por não haver um bem físico, fica a critério de cada administradora pedir uma garantia real (algum bem físico do consorciado) ou uma garantia pessoal (fiador ou avalista).

Viu como é simples usar o crédito contemplado? Procure uma administradora de consórcios autorizada pelo Banco Central e realize sonhos por meio do Sistema de Consórcios!

E, se você ainda tem dúvidas sobre como usar o crédito contemplado, entre em contato com a ABAC!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

26 comentários sobre “Como usar o crédito ao ser contemplado”

  1. tiago de moura candido disse:

    foi contemplado minha carta de credito e de 25 mil reais mas o carro que quero custa 37 mil reais tenho essa diferença do valor avista de 12 mil em dinheiro posso usar a minha carta mais o dinheiro que tenho em mãos para comprar esse carro de 37 mil

    1. ABAC disse:

      Olá, Tiago.

      Sim, você pode utilizar o valor da carta de crédito. A diferença entre o valor da carta e o valor do bem a ser adquirido deverá ser pago com seus recursos próprios. Consulte sua Administradora.

      Abraços

  2. Rodrigo disse:

    Sobre carta contemplada é legal? Como funciona a compra dessas cartas

    1. ABAC disse:

      Olá, Rodrigo.

      A transferência de cota de consórcio contemplada é legal. Para conferir as recomendações da ABAC, clique aqui: http://abac.org.br/o-consorcio/alerta-cotas-contempladas clique aqui. Recomendamos também a leitura do post “Compra e venda de cota contemplada é legal?” (http://blog.abac.org.br/consorcio-de-a-a-z/compra-e-venda-de-cotas-contempladas-e-legal#blog).

      Abraços

  3. GERCINO PEREIRA disse:

    eu tenho uma carta de credito contemplada . E preciso do dinheiro. Posso usar o meu carro quitado como garantia para sacar este credito?

    1. ABAC disse:

      Olá, Gercino.

      Isso não é possível, já que o consorciado contemplado somente poderá resgatar o valor do crédito 180 dias após a data de sua contemplação e desde que sua cota esteja quitada.

      Abraços

  4. Marcos disse:

    Boa noite,

    Por gentileza, com uma carta de correção consigo comprar dois automoveis dentro do valor?

    1. ABAC disse:

      Olá, Marcos.

      É perfeitamente possível adquirir dois ou mais bens com uma única carta de crédito. Entretanto, caso o consorciado tenha saldo devedor, os bens adquiridos ficarão alienados fiduciariamente em favor da Administradora até a quitação do contrato.

      Abraço

      1. Jaílson oliveira disse:

        Tenho uma carta comtemplada valor bem 44.150 já foi pago 16.000 caso queira um bem no valor de 11.000 como vai ficar daqui pra frente. A administradora vai me devolver algum valor em especie caso eu tenha interesse.

        1. ABAC disse:

          Olá, Jailson.

          Caso você adquire um bem com preço inferior ao valor do respectivo crédito, a diferença somente poderá ser utilizada, a seu critério, para: (i) pagamento de obrigações financeiras, vinculadas ao bem ou serviço, observado o limite total de 10% do valor do crédito objeto da contemplação, relativamente às despesas com transferência de propriedade, tributos, registros cartoriais, instituições de registros e seguros; (ii) quitação das prestações vincendas na forma estabelecida no contrato e (iii) devolução do crédito em espécie ao consorciado quando seus obrigações financeiras, para com o grupo, estiverem integralmente quitadas.

          Abraços

  5. Jéssica disse:

    Oi. Minha carta está quitada e comtemplada. Mas para dar a carta os administradoras querem que eu pague uma taxa de 200 reais pois os vendedores que me venderam fechou o escritório e outro que ficou cuidando de nosso caso. Isso é certo? Quero a carta e não querem me dar a não ser que dou esses 200 reais.

    1. ABAC disse:

      Olá, Jessica.

      Para que possamos ajuda-la, precisamos de mais informações. Por favor, encaminhe para o e-mail falecom@abac.org.br o nome da administradora de consórcios, o número do grupo e da cota e um telefone de contato. Com essas informações, nossa equipe entrará em contato com a administradora para apurar o seu caso, OK?

      Abraços

  6. Lucas disse:

    Posso usar uma carta contemplada, para dar lance em um consórcio de outra administradora?

    1. ABAC disse:

      Olá, Lucas.

      A princípio essa operação não pode ser realizada. No entanto, se tratar de uma cota quitada, nada impede que você utilize este crédito para dar um lance em outra Administradora. O Departamento Jurídico da ABAC continua à disposição para maiores esclarecimentos.

      Abraços

  7. Jordan disse:

    Boa tarde,

    Vou contar um breve relato, favor se possível me dar uma parecer sobre a situação.

    Tenho duas cartas contempladas da Caixa Consórcios, pedi a unificação das duas para compra de um veiculo. Porem ao mandar a documentação para analise de credito estão insistindo em não liberar o valor do bem. Alega que eu não tenho capacidade de pagamento sendo que estou sem nenhuma pendencia com SPC/SERASA e comprovei renda 3 vezes superior ao valor da parcela através de holerite, decore e recibo de aluguel. Agora pediram o extrato da conta bancaria dos ultimos 6 meses, mas nem todo o dinheiro que recebo movimento em conta corrente, sendo que esse ultimo nem consta na lista de documentação que é exigida na cartilha do consorcio.

    Sem contar a falta de respeito já que para cada documento que eles pedem tem o prazo de 5 dias uteis para alguém te dar uma posição.

    Com isso estou tendo um prejuízo enorme já que o valor que dei de lance que é de 16.000 estão amarrado a eles, sem contar que tive que dar um sinal para o vendedor do carro de 3 mil reais para ele segurar o veiculo mas o mesmo não esta querendo mas fazer pois já faz mais de 1 mês que esta nessa enrolação para a administradora aprovar e liberar meu dinheiro.

    Por favor me auxilie sobre o que devo fazer caso essa situação persista e se eles tem o direito de fazer isso.

    Desde já agradeço

    1. ABAC disse:

      Olá, Jordan.

      Para que possamos ajudá-lo, precisamos de mais informações. Por favor, encaminhe para o e-mail falecom@abac.org.br o número do grupo e da cota e um telefone de contato. Com essas informações, nossa equipe entrará em contato com a administradora para apurar o seu caso.

      Abraços

  8. EU FUI CONTEMPLADO POR SORTEIO LOTERIA FEDERAL,POSSO ESCOLHER O BEM (VEICULO), COM VALOR MAIS BAIXO DO CREDITO CONTEMPLADO E O RESTANTE ABATER EM DOCUMENTAÇÃO OU OUTRAS PENDENCIAS DO MESMO.POSSO RESOLVER NA CONCESSIONARIA DE ORIGEM DO CONSORCIO OU SÓ NO ESTABELECIMENTO RESPONSÁVEL DAS ASSEMBLEIA. AGUANDO RESPOSTA OBRIGADO.

    1. ABAC disse:

      Olá, Rogério.

      Caso o consorciado contemplado adquira um bem com preço inferior ao valor do respetivo crédito, a diferença deve ser utilizada, a critério do consorciado, para (i) pagamento de obrigações financeiras, vinculadas ao bem, observado o limite total de 10% do valor do crédito objeto da contemplação, relativamente às despesas com transferência de propriedade, tributos, registros cartoriais e instituições de registro e seguros; (ii) quitação das prestações vincendas na forma estabelecida no contrato; (iii) devolução do crédito em espécie ao consorciado quando suas obrigações financeiras, para com o grupo, estiverem integralmente quitadas. Esse procedimento deverá ser realizado na Administradora de Consórcios.

      Abraços

  9. Eduardo disse:

    Boa Noite gostaria de saber se contemplado posso comprar qualquer​ veículo? Novo ou semi-novo?

    1. ABAC disse:

      Olá, Eduardo.

      Sim, poderá ser adquirido tanto veículo novo quanto seminovo. Com relação à aquisição de veículo usado, as Administradoras de Consórcios costumam estabelecer no contrato critérios para compra, como o tempo de fabricação, as garantias de câmbio e motor, bem como outras regras a serem seguidas. Recomendamos a leitura do seu contrato ou contato direto com a Administradora.

      Abraços

  10. Leonardo Faria disse:

    Boa tarde

    Tenho uma carta de ~R$77.000,00 contemplada desde Janeiro. Paguei ~R$ 34.000,00 desse valor. Tenho um terreno avaliado em R$80.000,00 área rural com registro, porém, ainda não desmembrado. Gostaria de construir utilizando esse credito da carta. estou cotando a construção com uma empreiteira. Não há documentos relativos à esse projeto. Conseguiria “passar” esse credito à alguma construtora ou empreiteira para que construam pra mim utilizando de algum modo esse recurso e eu mantendo os pagamentos? Há algum caminho para que eu utilize esse credito mesmo que indiretamente, repassando a linha?

    Obrigado!

    1. ABAC disse:

      Olá, Leonardo.

      Primeiramente, a carta de crédito deverá ser oriunda de consórcio de “imóveis”. Tratando-se de consórcio de imóveis, optando-se pela construção, a Administradora de Consórcio fará uma avaliação preliminar de risco. Após, o consorciado deverá apresentar as garantias compatíveis com o valor do saldo devedor de sua cota. Além disso: o terreno deverá ser de propriedade plena do consorciado contemplado, devidamente registrado no cartório imobiliário; o projeto da obra deverá estar aprovado pelos órgãos competentes; você terá os valores correspondentes ao seu crédito liberado em parcelas, conforme cronograma físico/financeiro da obra, após o registro da respectiva Escritura Pública de Constituição de Alienação Fiduciária em Garantia da área, a favor da Administradora, e após vistoria prévia por avaliador credenciado ou indicado pela Administradora.

      Esperamos ter ajudado.

      Abraços

  11. Denis Roger disse:

    Olá. Tenho uma carta de crédito contemplada no valor de 22541,00 do BB. Quero usar esse valor pra comprar um veículo usado. Gostaria de saber qual a idade mínima do carro que posso comprar. Um exemplo, posso comprar um carro 11/12 tendo em vista que já estamos em 2017 esse veículo já tenha 5 anos de uso?

    1. ABAC disse:

      Olá, Denis.

      As Administradoras de Consórcios costumam estabelecer no contrato limite quanto ao ano de fabricação, bem como outras regras a serem seguidas. Recomendamos a leitura do seu contrato ou contato direto com a Administradora.

      Abraços

  12. Denis leal disse:

    Tenho uma carta de 35 mil.
    Fui contemplado mas não queria mais adquirir nenhum bem.
    Posso usar o valor contemplado para quitar as parcelas do consórcio?

    1. ABAC disse:

      Olá, Denis.

      Sim, é possível utilizar o valor do crédito para quitar o saldo devedor. Entretanto, a diferença entre o valor do crédito e o saldo devedor somente poderá ser resgatado em dinheiro após 180 dias da contemplação ou quando do encerramento do grupo.

      Abraços