Sistema de Consórcios em agosto/2021: dados econômicos

30 . set . 2021

Ao completar oito meses, o Sistema de Consórcios voltou a repetir desempenho recorde em vendas de novas cotas. O mesmo também ocorreu com o volume de créditos comercializados, que fechou em alta de 58% e totalizou R$ 145,79 bilhões.

A economia brasileira segue registrando oscilações. Inflação acima do limite estabelecido para ano, desemprego mantendo-se na casa dos 14,1%, desvalorização do real perante o dólar e a pandemia, são alguns dos fatores que tem impactado. Ainda assim, o Sistema de Consórcios segue na contramão e vem atingido resultados positivos.

“A situação econômica atual, resultante também das diferenças políticas, têm despertado maior atenção do brasileiro com o futuro. Alerta e com comportamento cauteloso e conservador, o consumidor tem agido dentro dos seus limites orçamentários, considerando principalmente a gestão de finanças pessoais. O Sistema de Consórcios está cada vez mais perto desse consumidor, sendo escolhido como meio para compra de bens ou utilização de serviços sem extravagâncias impulsivas”, avalia o presidente executivo da ABAC, Paulo Roberto Rossi.

No quadro abaixo, você confere um resumo com os principais indicadores do Sistema de Consórcios de janeiro a agosto de 2021. Os dados foram disponibilizados pela assessoria econômica da ABAC e estão comparados com o mesmo período de 2020.

Resultados do Sistema de Consórcios por segmento:

Consórcio de Veículos Leves

O consórcio de veículos leves, fechou o oitavo mês apontando aumento de 23,5% nas vendas de novas cotas. Houve alta de 3,7% nas vendas de novas cotas de veículos leves em agosto (142,81 mil) quando comparadas com as 137,78 mil cotas vendidas no mesmo mês do ano passado. Ao comparar com janeiro e julho deste ano, que somaram 108,51 mil e 135,57 mil, respectivamente, verificaram-se crescimentos de 31,6% e de 5,3%.

As mais de 376 mil contemplações em veículos leves potencialmente injetadas no mercado nacional, propiciaram 32% de participação nas comercializações do mercado interno. Estas, totalizaram 1,18 milhão, segundo a Fenabrave. Portanto, um veículo a cada três vendidos.

Consórcio de Motocicletas

O consórcio de duas rodas segue registrando bons resultados em 2021, crescendo em todos os principais indicadores. Em agosto, o segmento ampliou em 7,5% o total de cotas vendidas, na comparação com julho. O balanço mensal das vendas foi de 93,95 mil para 100,95 mil. Já em relação ao mês de janeiro, quando foram vendidas 100,05 mil cotas, o indicador registrou estabilidade.

Com quase 390 mil contemplações, o consórcio de motocicletas respondeu potencialmente por mais da metade (52,7%) das 732,57 mil unidades vendidas no mercado interno, segundo a Fenabrave.

Consórcio de Veículos Pesados

No acumulado dos 8 meses de 2021, todos os indicadores do consórcio de veículos pesados cresceram. O grande destaque ficou por conta dos créditos comercializados, que cresceram mais de 100% ante os R$ 11,22 bilhões do mesmo período de 2020. Inclusive, já supera os R$ 21,02 bilhões registrados no acumulado de todo o ano passado.

Como resultado das boas perspectivas internas e externas para o agronegócio, a entrada de novos consorciados no segmento cresceu quase 80%, com a venda de 112,97 mil cotas. Considerando apenas os resultados de agosto (15,31 mil cotas vendidas), houve alta de 49,7%.

Consórcio de Imóveis

O desempenho das vendas de novas cotas do consórcio de imóveis em agosto foi bastante expressivo. As 49,93 mil cotas comercializadas representaram um crescimento de 33,4% em relação às 37,44 mil cotas do mesmo mês de 2020. Na comparação com janeiro e julho deste ano, com 32,39 mil e 47,88 mil, respectivamente, verificaram-se crescimentos de 54,2% e de 4,3%.

A potencial participação do consórcio nos financiamentos imobiliários fechou em 8%, de janeiro a agosto de 2021. Foram 56,29 mil contemplações, ante um total de 702 mil imóveis financiados, incluindo os consórcios, segundo dados da ABECIP.

Consórcio de Serviços

Diversidade e flexibilidade na utilização dos créditos são algumas características básicas do consórcio de serviços. Por esse motivo, cotas do segmento têm sido bastante procuradas, sinalizando sua recuperação. Apesar de ainda registrar retração em adesões, o tíquete médio mensal já apresentou estabilidade e o acumulado dos créditos comercializados cresceu 4,6% de janeiro a agosto de 2021. 

Consórcio de Eletroeletrônicos

O bom desempenho do consórcio de eletroeletrônicos em 2021 não é novidade para o leitor assíduo do Blog da ABAC, como já mostramos neste post. O que ficou no quase nos dados consolidados até julho, virou uma realidade nos dados de agosto: o faturamento do segmento mais que dobrou em relação ao mesmo período de 2020, quando ficou em R$ 304,17 milhões.

As 13,01 mil cotas vendidas em agosto representaram incremento de 99,23% ante as 6,53 mil de um ano antes.Houve ainda alta nas contemplações e nos créditos disponibilizados, sinalizando boas perspectivas para o final do ano.

Categoria(s):

Drops de Mercado

Tag(s):

, , , , , , , ,

Deixe seu comentário

Receba novidades



    ENVIE SUGESTÕES
    DE POSTAGENS