FGTS no consórcio: recursos utilizados crescem até 22,5%

13 . jan . 2022

O uso do saldo do FGTS no consórcio aumentou em 2021. O crescimento aconteceu tanto em quantidade de trabalhadores que recorreram ao recurso, quanto no total de valores movimentados. Dependendo da forma de utilização do FGTS, a alta chegou a 22,5%.

Segundo dados da assessoria econômica da ABAC, 3.249 trabalhadores-consorciados utilizaram mais de R$ 160,8 milhões em recursos do FGTS entre janeiro e novembro de 2021. Esses quantitativos superam em 3,04% e 5,4% o registrado no mesmo período de 2020. Na ocasião, 3.153 contemplados utilizaram R$ 152,55 milhões do fundo.

Existem quatro formas de utilizar o FGTS no consórcio de imóveis: ofertar lance, complementar o valor da carta de crédito, amortizar ou quitar o saldo devedor e ainda pagar parte das prestações. É possível até utilizar o FGTS para construção. Porém, é preciso destacar que as regras para utilização do FGTS são definidas pelo Agente Operador (Caixa Econômica Federal), e estão disponíveis no Manual do FGTS Utilização na Moradia Própria.

Saiba mais sobre o uso do FGTS no consórcio no post abaixo:

Maioria usa FGTS para amortizar saldo devedor

Quase metade (46,8%)  dos consorciados que fizeram uso do FGTS no consórcio optaram por realizar a amortização do saldo devedor. Ou seja, fazer o abatimento de parte do saldo devedor. Foram R$ 47,28 milhões em recursos para este fim, elevação de 22,5% em relação ao registrado de janeiro a novembro de 2020, quando foram R$ 38,57 milhões.

A utilização do fundo na aquisição de imóvel em construção foi a opção de 196 consorciados. Estes, movimentaram R$ 12,49 milhões em recursos do FGTS no consórcio. Com isso, superou em 8,5% o montante registrado nos 11 meses de 2020, quando ficou em R$ 11,51 milhões.

Por fim, outra utilização que cresceu foi a aquisição de imóvel pronto. Nesta categoria, 1.220 trabalhadores-consorciados movimentaram R$ 87,34 milhões, aumentando em 0,4% o total registrado até novembro do ano passado. Trata-se da maior movimentação de recursos do FGTS no consórcio, respondendo por 54,3% dos mais de R$ 160 milhões movimentados.

Veja mais informações no quadro:

Consórcio de Imóveis em novembro de 2021

Em novembro, o Sistema de Consórcios contabilizou mais de 1,18 milhão de participantes ativos em grupos do segmento de imóveis. Isso representou elevação de 15,7% na comparação com o mesmo mês de 2020, quando o segmento superou o patamar de 1 milhão de participantes pela primeira vez em sua história.

No acumulado de 2021 até novembro, foram comercializadas 456,25 mil cotas do consórcio de imóveis. Este resultado representa alta de 33,6% sobre as 341,44 mil cotas vendidas no mesmo período de 2020. O total de créditos contratados superou esse desempenho, crescendo 39,7% ao pular de R$ 60,29 bilhões de janeiro a novembro de 2020, para R$ 84,23 bilhões em relação a igual período anterior. O valor médio da cota vendida em novembro foi de R$ 183,11 mil – 3,7% maior que os R$ 176,64 mil de um ano antes.

Por fim, em relação às contemplações, elas cresceram 12,5% de janeiro a novembro de 2021. Foram 77,97 mil contemplados, ante 69,29 mil do ano anterior. Com alta de 18,5%, o total de recursos disponibilizados chegou a R$ 14,37 bilhões.

Se você quer saber mais informações sobre o uso do FGTS no Consórcio de Imóveis, clique na imagem e faça download da nossa cartilha:

Categoria(s):

Drops de Mercado

Tag(s):

, , , , , , , , ,

Deixe seu comentário

Receba novidades



    Mais vistos

    Nenhum dado até agora.

    ENVIE SUGESTÕES
    DE POSTAGENS