Compra de veículos leves: consórcio disponibiliza quase R$ 15 bilhões

03 . ago . 2021

No melhor 1º semestre de sua história, o Sistema de Consórcios aumentou o volume de recursos disponibilizados para compra de veículos leves. Entre janeiro e junho de 2021, o total de créditos disponibilizados chegou a R$ 14,35 bilhões. Esse montante representa alta de 14,9% ante os R$ 12,49 bilhões no mesmo período de 2020.

Os recursos de quase R$ 15 bilhões foram colocados à disposição dos 291,82 mil contemplados no 1º semestre de 2021. Esse quantitativo de contemplações representou estabilidade em relação ao 1º semestre de 2020, quando foram contemplados 289,41 mil consorciados.

Considerando esse total de mais de 291 mil contemplações, o Sistema de Consórcios alcançou uma potencial participação de 32,3% nas vendas do mercado interno. Estas, segundo dados da Fenabrave, totalizaram 902,56 mil unidades vendidas no país. Dessa forma, o consórcio pode ter sido responsável por um veículo a cada três vendidos no Brasil. O indicador é chamado de potencial porque cabe ao consorciado escolher o melhor momento para utilizar seus créditos – saiba mais sobre isso aqui.

Caso você tenha alguma dúvida sobre os indicadores desse post, leia o texto abaixo:

Consórcio para veículos é escolha principal

Fazer consórcio para compra de veículos é a opção mais comum no Sistema de Consórcios. Entre os 8,04 milhões de participantes ativos em junho, oito em cada dez estão no chamado consórcio de veículos em geral. Aqui, além de veículos leves, entram também os consórcios de motocicletas e veículos pesados.

Dos mais de 8 milhões de participantes, quase metade (48,4%) tem como objetivo a compra de veículos leves. Em junho, o segmento registrou 3,89 milhões de consorciados ativos. O indicador fechou com alta de 4,3% ante os 3,73 milhões de um ano antes.

As vendas de cotas do segmento seguem em alta. No 1º semestre, foram contabilizadas 704,5 mil cotas vendidas. Com isso, o desempenho foi 28,4% superior aos 548,31 mil do período equivalente em 2020. No ano passado, foram vendidas 548,31 mil cotas do consórcio de veículos leves.

Somados, os valores dos novos contratos de consórcios firmados entre janeiro e junho para compra de veículos leves chegou ao montante de R$ 34,68 bilhões. Este indicador, chamado de volume de créditos comercializados, cresceu 45,4% no 1º semestre. A comparação é com o mesmo semestre de 2020, quando foram contabilizados R$ 23,85 bilhões. Trata-se do melhor desempenho entre os indicadores do consórcio no segmento de veículos leves.

Para saber mais informações econômicas do setor de consórcios, leia os posts da seção Drops de Mercado.

Categoria(s):

Drops de Mercado

Tag(s):

, , , , , , , , ,

Deixe seu comentário

Receba novidades



    ENVIE SUGESTÕES
    DE POSTAGENS