fbpx

Sistema de Consórcios em março/2020: dados econômicos

07 . maio . 2020

Assim como diversas atividades econômicas, o Sistema de Consórcios começou a perceber os impactos da pandemia do novo coronavírus. A partir da segunda quinzena de março, os resultados do setor já passaram a refletir o cenário.

Nos meses de janeiro e fevereiro, as adesões totalizaram 284,45 mil e 245,66 mil, respectivamente. Já em março, fecharam em 187,1 mil. Entretanto, quando considerado o acumulado no ano, o setor ainda registra resultados positivos. O crescimento é de 9,7%, com evolução de 653,5 mil adesões no 1º trimestre de 2019 para 717,2 mil, no 1º trimestre de 2020.

Veja os principais indicadores do Sistema de Consórcios no 1º trimestre de 2020.

Confira abaixo como esses indicadores se comportaram em cada segmento do consórcio. Os dados foram disponibilizados pela assessoria econômica da ABA e se referem ao 1º trimestre de 2020, em comparação com o mesmo período de 2019.

Consórcio de Veículos Leves:

A maior alta no segmento foi percebida em créditos disponibilizados. Com R$ 6,74 bilhões, teve incremento de 15,6%. Esses recursos foram ofertados a 158,82 mil contemplados – contingente que supera em 11,1% o alcançado no 1º trimestre de 2019. As adesões aumentaram 3,8%, com a venda de 312,85 mil cotas. A soma dos valores dos créditos dessas cotas atingiu R$ 13,32 bilhões, permanecendo estável. Em março, existiam 3,72 milhões de participantes ativos no segmento de veículos leves – alta de 1,6%. Já o tíquete médio do mês, teve desvalorização de 5,4% e fechou em R$ 42,25 mil.

Consórcio de Motocicletas:

No 1º trimestre, foram comercializados R$ 3,03 bilhões em créditos no segmento de motocicletas – expansão de 39%. Isso se deve a uma valorização no valor médio das cotas vendidas, que em março fechou em R$ 13,65 mil (+52,5%). As adesões fecharam em queda de 8,6%, com a contabilização de 225,65 mil cotas vendidas. Os indicadores de contemplação cresceram tanto em quantitativo (127,51 mil contemplados) quanto em volume de créditos disponibilizados (R$ 1,7 bilhão). Os percentuais foram, na ordem, de 4,5% e 29,8%. O total de consorciados ativos fechou em retração de 3,2%, alcançando 2,12 milhões de participantes.

Consórcio de Veículos Pesados:

Dois indicadores fecharam acima do patamar de 60%. Um deles foi a venda de novas cotas, que cresceu 61,1% ao alcançar 26,58 mil adesões. Outro foi o de volume de créditos comercializados, decorrente dessas adesões. Acumulou R$ 4,32 bilhões no trimestre, expansão de 64,9%. O tíquete médio no mês de março fechou em R$ 171,34 mil (+6,7%) e o total de participantes ativos foi de 358,6 mil (+13,8%). Em relação às contemplações, ocorreram 11,3 mil (+26,3%), que receberam R$ 1,85 bilhão em créditos (+45,7%).

Consórcio de Imóveis:

O montante disponibilizado para o segmento de imóveis cresceu 76,8% no 1º trimestre. Acumulou R$ 3,36 bilhões ao alcançar o total de 21,88 mil contemplações – incremento de 15,5%. Já o volume de créditos comercializados, cresceu no patamar de 31,8%. Fechou em R$ 12,38 bilhões. O montante representa a soma dos valores das 81,56 mil cotas vendidas. Dessa forma, o total de adesões cresceu 24,5%. Em março, foram registrados 966,76 mil participantes ativos e R$ 165,99 mil de tíquete médio – variações positivas de 6,8% e 14,2%, respectivamente.

Consórcio de Serviços:

O volume de créditos disponibilizados no segmento de serviços mais que dobrou. As 11,57 mil contemplações (+66,5%) receberam R$ 89,39 milhões em recursos – incremento de 131,5%. Quanto às adesões, representaram a maior alta no segmento, de 183,7%, com a venda de 44,25 mil novas cotas. No total, os créditos comercializados chegaram a R$ 325,39 milhões, aumento de 166,5%. Em março, o número de participantes ativos ficou em 154,29 mil (+80,5%) e o tíquete médio ficou em R$ 8,48 mil (+7,1%).

Consórcio de Eletroeletrônicos:

O volume de créditos comercializados cresceu 352,6%, ao atingir R$ 178,07 milhões. Esse valor decorre das 26,31 mil adesões no período – alta de 255,5%. No mês, o tíquete médio do segmento ficou em R$ 7,62 mil, valorizando 41,1% ante março de 2019. Nessa mesma comparação, o total de participantes ativos aumentou 92,5%, chegando a 86,63 mil consorciados. Nos três primeiros meses de 2020, ocorreram 8,54 mil contemplações (+171,1%) e foram disponibilizados R$ 58,84 milhões em créditos.

Categoria(s):

Drops de Mercado

Tag(s):

,

Deixe seu comentário

*

Receba novidades




ENVIE SUGESTÕES
DE POSTAGENS