fbpx

“Fomos contemplados por sorteio na 7ª prestação”

19 . abr . 2016

“A gente pensava que por sorteio nunca ia sair, mas foi justamente o que aconteceu”. E na história do casal Ronaldo Pereira da Silva, 36 anos, e Maria Júlia Ferreira, 33 anos, isso aconteceu duas vezes. No intervalo de 12 meses, o casal que vive em Franca (SP) fez a aquisição de dois consórcios de veículos e foi contemplado por sorteio, nas duas oportunidades.

A primeira aquisição do casal foi uma caminhonete, com o objetivo de atender as necessidades pessoais e de lazer. Porém, o desejo de se tornar o próprio patrão levou Ronaldo a adquirir mais uma cota, dessa vez para comprar um caminhão. “Esse consórcio foi ainda mais rápido, já que fomos contemplados por sorteio quando fizemos o pagamento da sétima prestação”, conta Maria Júlia.

A situação vivida por Ronaldo e Maria Júlia se assemelha à de milhares de brasileiros, que estão empreendendo cada vez mais. Em 2015, a taxa de empreendedorismo medida no país pela pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM) atingiu 39%, maior índice dos últimos 14 anos. Em tempo de crise financeira, salta aos olhos o crescimento de outro indicador: o empreendedorismo por necessidade, que chegou a 44%, ante 29% da pesquisa realizada em 2014.

Nesse sentido, o consórcio foi um aliado, pois viabilizou um sonho, além de atender a uma necessidade. “A gente já conhecia o Sistema de Consórcios, mas só fomos nos aprofundar sobre o tema quando surgiu o interesse de adquirir esses bens. Chegamos a pesquisar em diversas instituições financeiras, mas quando comparamos as taxas de juros, a possibilidade de ser contemplado por sorteio e até mesmo a possibilidade de ser um investimento, acabamos optando pelo consórcio. Sem dúvida, ajudou a realizar o nosso sonho porque não teríamos condições de adquirir esses bens”, explica Maria Júlia.

A boa experiência vivida por Ronaldo e Maria Júlia já começa a impactar o ciclo de amizades do casal. “Essa semana mesmo, um amigo nosso nos ouviu comentar sobre o consórcio, que realmente contempla, e acabou fazendo uma aquisição. Outros já passaram a nos procurar, querendo saber mais detalhes. Agora, vamos esperar um pouquinho, quitar nossos compromissos atuais e em breve adquiriremos um novo. Possuímos uma casa, mas pretendemos adquirir um plano de imóvel porque queremos investir”, conclui Maria Júlia.

Se você também quer falar sobre sua experiência com o Sistema de Consórcios, entre em contato com a gente e conte sua história aqui no Blog da ABAC. O endereço de e-mail é marketing@abac.org.br.

Categoria(s):

Cases

Tag(s):

, , , , , , , , , , , ,

2 Comentários

  • trabalhei na area de consorcio vendendo pela rodobens consocios,nacional fiat,embracon consorcio s e outros consorcios realizei muitas vendas e fiz pessoas feliz

  • Trabalho com vendas de consórcio e me sinto especialmente feliz em fazer parte da realização de sonhos de tantas pessoas.

Deixe seu comentário

*

Receba novidades




ENVIE SUGESTÕES
DE POSTAGENS