Sistema de Consórcios em novembro/2021: dados econômicos

20 . dez . 2021

O Sistema de Consórcios conservou o ritmo dos bons resultados com os dados divulgados pela assessoria econômica da ABAC referentes ao mês de novembro. O setor manteve a média mensal de vendas, tendo inclusive registrado alta no tíquete médio e, consequentemente, recorde no acumulado dos negócios realizados nos onze meses.

A exemplo de meses anteriores, dos seis segmentos, cinco registraram avanço nas somas das comercializações. A única exceção foi o consórcio de serviços, conforme abaixo: 

  • Veículos Pesados, com 62,5%; 
  • Eletroeletrônicos e Outros Bens Móveis Duráveis, com 62,1%;
  • Imóveis, com 33,6%;
  • Veículos Leves, com 9,7%; 
  • Motocicletas, com 8,3%;
  • Serviços, com -21,4%.

Confira no quadro abaixo o resumo dos principais indicadores do Sistema de Consórcios, de janeiro a novembro de 2021. Os dados foram compilados pela assessoria econômica da ABAC e estão comparados com o mesmo período de 2020.

Resultados do Sistema de Consórcios por segmento:

Consórcio de Veículos Leves

Maior segmento do Sistema de Consórcios em total de participantes ativos, o consórcio de veículos leves ultrapassou os 4 milhões de consorciados em novembro. Com isso, cresceu 5,8% sobre os 3,79 milhões de novembro de 2020. O melhor desempenho do segmento ficou por conta do volume de créditos disponibilizados. A alta neste indicador foi de 26,7%, já que foi de R$ 21,29 bilhões para R$ 26,98 bilhões. 

Consórcio de Motocicletas

Mais de 1 milhão de cotas do consórcio de motocicletas foram vendidas entre janeiro e novembro de 2021. Esse resultado representa incremento de 7,8% em relação as 955,51 mil cotas vendidas no mesmo período de 2020, no segmento que é o segundo maior em total de participantes ativos no Sistema de Consórcios. No caso deste indicador, a alta foi de 6,3%, indo de 3,79 milhões em novembro de 2020 para 4,01 milhões em novembro deste ano.

Importante destacar ainda o volume de créditos disponibilizados, que aumentou quase 30%. Enquanto em 2020 foram disponibilizados R$ 21,29 bilhões, este ano foram R$ 26,28 bilhões. O total de beneficiados com estes recursos chegou a 549,46 mil, enquanto em igual período de 2020 foram 470,65 mil, uma elevação de 23,8%.

Consórcio de Veículos Pesados

O consórcio de veículos pesados obteve excelente resultados nos 11 meses de 2021. Todos os indicadores cresceram acima de 20%, com destaque para os negócios contratados. A alta no volume de créditos comercializados chegou a 78%, com cerca de R$ 15 bilhões a mais que os R$ 19,36 bilhões registrados em 2020.

Destaque ainda para o total de cotas vendidas, que aumentou 62,5%, indo de 101,69 mil cotas para 165,24 mil este ano. Outro indicador com ótimo resultado foi o volume de créditos disponibilizados. Aos 45,8 mil contemplados foram disponibilizados R$ 9,61 bilhões em créditos. Com isso, houve alta de 24,4% e 41,3%, respectivamente, já que em 2020 os 36,81 mil contemplados receberam R$ 6,8 bilhões em créditos.

Consórcio de Imóveis

Os grandes destaques do consórcio de imóveis foram os indicadores de adesões e créditos comercializados, que cresceram acima de 30%. O volume de negócios contratados aumentou 39,7%, indo de R$ 60,29 bilhões de janeiro a novembro de 2020, para R$ 84,23 bilhões, no mesmo período deste ano.

Já as adesões, aumentaram 33,6%. Foram 456,25 mil cotas vendidas, ante 341,44 mil nos 11 meses de 2020. Outro destaque do segmento ficou por conta do volume de créditos disponibilizados. O total de recursos que o Sistema de Consórcios colocou a disposição dos contemplados chegou a R$ 14,37 bilhões, crescendo 18,5%.

Consórcio de Eletroeletrônicos

Em 2021, um movimento interessante ocorrido no Sistema de Consórcios se refere ao consórcio de eletroeletrônicos. Isso porque o segmento saiu da lanterna do setor, ultrapassando o consórcio de serviços em adesões e créditos comercializados. Inclusive, no caso deste último indicador, já está próximo de atingir a casa de R$ 1 bilhão.

Esse resultado se deve ao incremento das vendas de novas cotas, assim como o aumento no valor do tíquete médio. Considerando os dados até novembro, o consórcio de eletroeletrônicos viu seus negócios mais que dobrarem, indo de R$ 437 milhões, de janeiro a novembro de 2020, para R$ 929,01 milhões em igual período de 2021.

Consórcio de Serviços

O grande destaque do consórcio de serviços foi o indicador de participantes ativos, que pela primeira vez superou a casa dos 200 mil. A marca foi alcançada após o segmento registrar crescimento de 16,2% sobre os 172,63 mil de novembro de 2020. Houve ainda expansão do tíquete médio, das contemplações e do volume de créditos disponibilizados. Porém, foi o único segmento a registrar indicadores negativos, com baixa nas adesões e no volume de créditos comercializados.

Categoria(s):

Drops de Mercado

Tag(s):

, , , , , , , , ,

Deixe seu comentário

Receba novidades



    ENVIE SUGESTÕES
    DE POSTAGENS