sistema-de-consorcios-dados-de-mercado
Publicado em 7/08/2015 as 12:02H
Drops de Mercado

Sistema de Consórcios em junho/2015: dados econômicos

Apesar das dificuldades econômicas atuais, o Sistema de Consórcios segue mantendo seu ritmo de participação na vida dos brasileiros e continua presente nos diversos elos da cadeia produtiva.

Um bom exemplo são as vendas de 109,1 mil novas cotas do consórcio de imóveis, no primeiro semestre deste ano, que representam um crescimento de 40% sobre as 77,9 mil acumuladas no mesmo período em 2014.

Esse volume, acrescido das adesões ocorridas nos demais setores do Sistema de Consórcios (veículos leves, pesados, motos, eletroeletrônicos e serviços), resultou no total de 1,16 milhão de cotas comercializadas (jan-jun/2015), 1,8% a mais do que a soma de adesões feitas entre janeiro e junho do ano passado.

Confira a seguir um resumo do desempenho de cada setor no período, com base em estimativas da Assessoria Econômica da ABAC. Os dados comparativos fazem referência ao período entre os meses de janeiro a junho de 2014:

Consórcio de veículos leves: nos seis primeiros meses de 2015, o setor que reúne automóveis, camionetas e utilitários registrou um crescimento de 12,8% no total de participantes ativos consolidados.

Também apontaram alta todos os demais indicadores setoriais: novas adesões, contemplações, créditos comercializados e concedidos e tíquete médio.

Vale destacar que esse setor disponibilizou créditos de aproximadamente R$ 10,4 bilhões para os diversos elos da cadeia produtiva do setor automobilístico ao registrar potencial participação em 24,2% nas vendas do mercado interno.

Consórcio de imóveis: com um aumento de 40% nas vendas de novas cotas e de 42,6% nos créditos comercializados durante o primeiro semestre de 2015, esse setor alcançou 782 mil participantes ativos em junho, um resultado 2,5% maior do que o registrado no mesmo período do ano passado.

O número de contemplações permaneceu estável e houve uma pequena retração no tíquete médio (1,8%). Porém, o volume de créditos disponibilizados ao mercado alcançou um significativo aumento de 42,6%.

Consórcio de motocicletas e motonetas: com 3,02 milhões de participantes ativos consolidados, o setor fechou o primeiro semestre com alta de 8,2% no tíquete médio das novas cotas comercializadas em junho.

Houve também um crescimento de 2,3% no acumulado de contemplações, resultando em 60,2% de potencial de participação desse setor nas vendas do mercado interno. As novas adesões, em contrapartida, reduziram 9,7%.

Consórcio de veículos pesados: reunindo caminhões, ônibus, semirreboques, tratores e implementos, o setor de pesados manteve o ritmo de alta no volume de participantes ativos consolidados, com 2,8%.

O acumulado de adesões e o tíquete médio também cresceram, com destaque para o aumento mensal das vendas de novas cotas que atingiu 44% de alta em comparação a fevereiro deste ano.

Consórcio de eletroeletrônicos e outros bens duráveis: considerando o cenário econômico desfavorável, esse setor tem registrado seguidas retrações em vários indicadores, como os acumulados de vendas de novas cotas (retração de 18,7%), número de contemplações (retração de 22,4%) e o volume de participantes ativos consolidados (retração de 26,1%).

Porém, a alta no tíquete médio (aumento de 8,3%) sinaliza que as adesões têm sido feitas com valores maiores. E, apesar da queda de 50% nos meses de fevereiro e março, o volume mensal vem apresentando recuperação, tendo aumentado 66,7% nos últimos quatro meses ao registrar evolução de 750 cotas em março para 1.250 em junho.

Consórcio de serviços: enquanto três indicadores apontaram crescimento nos seis primeiros meses deste ano – participantes ativos consolidados (alta de 28,4%), contemplações (alta de 39,6%) e volume de crédito disponibilizado (alta de 33,9%) –, três indicadores mostraram retração – venda de cotas (baixa de 23,8%), volume de créditos comercializados (baixa de 27,2%) e tíquete médio (baixa de 20%).

Porém, com quase 30 mil participantes, o sucesso da modalidade deve-se, principalmente, à multiplicidade de finalidades, no momento das contemplações.

Sistema de Consórcios em geral

Veja, a seguir, os números gerais do Sistema de Consórcios entre os meses de janeiro e junho de 2015, em relação ao mesmo período do ano passado:

Total de participantes (consorciados de grupos em andamento):

– 7,10 milhões (junho/2015)

– Crescimento: 4%

Venda de novas cotas (novos consorciados):

– 1,16 milhão (janeiro-junho/2015)

– Crescimento: 1,8%

Volume de créditos comercializados:

– R$ 42,60 bilhões (janeiro-junho/2015)

– Crescimento: 15,9%

Tíquete médio geral (valor médio da cota no mês)

– R$ 41,1 mil (junho/2015)

– Crescimento: 33,9%

Contemplações (consorciados que tiveram oportunidade de comprar bens):

– 713,4 mil (janeiro-junho/2015)

– Crescimento: 6,9%

Volume de créditos disponibilizados:

– R$ 20,43 bilhões (junho/2015)

– Crescimento: 11,3%

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*