Publicado em 26/04/2016 as 15:54H
Dicas da ABAC

7 coisas que você precisa saber ao fazer consórcio

Se você está pensando em fazer consórcio ou já tem uma cota, provavelmente já conhece suas principais características. Parcelamento integral, ausência de juros, liberdade no uso do crédito, poder de compra à vista e uma infinidade de planos à sua disposição. Mas certamente ainda há muito a se aprender sobre essa modalidade. Listamos a seguir 7 coisas que você precisa saber ao fazer consórcio.

1) Lance embutido

Além do lance com recursos próprios, você pode ofertar lances embutidos para tentar antecipar a contemplação. No lance embutido, você usa parte do seu crédito como oferta. Assim, se o seu crédito é de R$50 mil e você oferta um lance embutido de R$10 mil, caso seja contemplado, você receberá R$ 40 mil.

2) Aplicações financeiras

Após a contemplação, seu crédito será aplicado no mercado financeiro pela administradora e terá rendimentos a seu favor. Eles são calculados da data de disponibilização (que ocorre até o terceiro dia útil após a contemplação) até o primeiro dia útil antes da utilização do crédito.

3) Liberdade para usar o crédito

Você pode adquirir qualquer tipo, marca ou modelo de bem que desejar, desde que dentro da categoria contratada. Também tem total liberdade para escolher o fornecedor, vendedor ou prestador de serviço que melhor lhe convier.

4) Quitação de financiamento

Você pode utilizar o seu crédito, quando contemplado, para a quitação de financiamento de sua titularidade de bens e serviços possíveis de serem adquiridos com o seu crédito, conforme condições previstas no contrato.

5) Crédito em dinheiro

A finalidade do consórcio é a aquisição de bens e serviços, mas você pode receber o valor do crédito em espécie. A condição, de acordo com o normativo do Banco Central, é que seja após 180 dias da contemplação e que o saldo saldo esteja totalmente quitado. Ainda, os valores ficam disponíveis para recebimento em espécie dentro de 60 dias após a data da última assembleia de contemplação do grupo, quando ele se encerra.

6) Bem de maior ou menor valor

Quando contemplado, você poderá adquirir um bem ou contratar um serviço de maior ou menor valor, desde que pertencente à mesma categoria contratada. Para adquirir um bem ou serviço de maior valor, você ficará responsável pelo pagamento da diferença de preço. Para um de menor valor, você poderá utilizar a diferença para pagamento de despesas com transferência de propriedade, tributos, registros cartoriais, instituições de registro e seguros (até 10% do valor do crédito); quitação das prestações vincendas ou receber em espécie quando tiver quitado todo o seu saldo devedor.

7) Atraso das parcelas

Ao atrasar o pagamento das prestações do consórcio você deixa de participar dos sorteios, perdendo a oportunidade de ser contemplado. Por isso, confira as regras da sua administradora e mantenha as parcelas sempre em dia.

E lembre-se: você deve sempre buscar uma administradora de consórcios autorizada a funcionar pelo Banco Central. Esse é o órgão que fiscaliza e regulamenta o Sistema de Consórcios no Brasil. Você pode encontrá-las no site do Banco Central ou pesquisar entre nossas associadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

21 comentários sobre “7 coisas que você precisa saber ao fazer consórcio”

  1. Sandro Conceição da Silva disse:

    Muito Bom,

  2. E O MELHOR INVESTIMENTO NO MOMENTO FAÇA CONSORCIO

  3. Carlos disse:

    Muito bacana a matéria parabéns, o consórcio realmente está crescendo muito e mesmo com essa crise só continua crescendo – confira – http://www.tudosobreconsorciodeimovel.com.br/setor-de-consorcios-cresce-415-em-2015/

    Abraço!

  4. maria aparecida disse:

    achei muito interessante preciso conhecer

    1. ABAC disse:

      Olá, Maria Aparecida.

      Você pode conhecer mais sobre consórcios nas cartilhas da ABAC. O download é gratuito: http://abac.org.br/a-abac/cartilhas.

      Qualquer dúvida, estamos à disposição!

  5. Silvania disse:

    Entrei por esse modelo lance embutido.. muito demorado e mais pesou mais por causa da adesão q tem q da antes.

    1. ABAC disse:

      Olá, Silvania.

      Não entendemos suas colocações. Se desejar algum esclarecimento sobre as regras de funcionamento do consórcio, fique à vontade para entrar em contato com a ABAC.

      Abraços!

  6. Hugo disse:

    Em relação a consorcio de moto, me informaram que o bem deveria ter no máximo 3 anos de fabricado, porém a moto do meu interesse tem um valor relativamente alto e tem de 5 a 6 anos de fabricação. Com o fica nesse caso?

    1. ABAC disse:

      Olá, Hugo!

      O bem adquirido por meio de consórcio ficará alienado em garantia de pagamento do débito do consorciado. Assim, as condições para a aquisição de moto usada estão indicadas no contrato para que a garantia seja adequada. O tempo de fabricação de bem é uma dessas condições. Confira seu contrato.

      Para qualquer outro esclarecimento, estamos à disposição!

      Abraços

  7. Jéssica cruz disse:

    Não entendir muito bem como utilizar uma carta de crédito pra compra fe uma casa ?

    1. ABAC disse:

      Olá, Jessica.

      Quando se é contemplado em consórcio imobiliário, você recebe uma carta de crédito, que será usada para adquirir o seu imóvel. A primeira coisa a se fazer depois de ser contemplado em um consórcio imobiliário é escolher o imóvel que você vai comprar. Cada contrato de consórcio terá um valor para a carta de crédito que foi pré-estipulado no início do consórcio, então você precisará procurar o seu imóvel com base nesse valor já estabelecido. Logo em seguida, você terá de comunicar à administradora do consórcio sobre o imóvel de sua escolha, para que ela possa avaliar o imóvel escolhido e aprovar o crédito. Aprovado o crédito, o contrato elaborado e registrado.

      Abraços

  8. Como posso montar consórcio energia solar?

    1. ABAC disse:

      Olá, Samuel.

      Há uma série de procedimentos que os interessados em atuar no Sistema de Consórcios terão que cumprir. Você poderá consultar no site do Banco Central da Brasil (www.bcb.gov.br) o Manual de Organização do Sistema Financeiro (Sisorf), elaborado pelo Departamento de Organização do Sistema Financeiro (Deorf), que tem por objetivo fornecer meio de consulta às informações sobre os aspectos legais, regulamentares e operacionais relativos aos atos que dependem de autorização do Banco Central. Clique aqui http://www3.bcb.gov.br/sisorf_externo para acessar o manual. Você também pode, alternativamente, realizar uma parceira com alguma Administradora de Consórcios já autorizada pelo Banco Central do Brasil a atuar em Sistema de Consórcios.

      Abraços

  9. Wenderson disse:

    Olá ABAC

    Faço parte de um consórcio (Embracon) e em questão a utilização do valor do crédito eu não poderia utiliza-lo para compra de automóveis usados/seminovos?

    1. ABAC disse:

      Olá, Wenderson.

      É possível a utilização da carta de crédito para aquisição de automóvel usado ou seminovo, desde que previsto em seu contrato.

      Abraço

  10. Olá . No momento estou sem fgts . Sera que consigo fazer um consorcio imobiliario?

    1. ABAC disse:

      Olá, Leticia.

      A adesão ao consórcio imobiliário não está condicionada à existência de recursos do FGTS em conta do consorciado.

      Abraço

  11. José Bruno Fontes soares disse:

    olá. uma pessoa me ligou querendo me vneder um consorcio de uma carta ja contemplada. eu teria que pagas as parcelas , mas teria que pagar um valor por essa careta já contemplada. isso procede. tenho muito interesse em entrar nessa ramo, por que quero comprar uma propriedade. como me informar sobre esse negocio.

    1. ABAC disse:

      Olá, José. Para obter mais detalhes quanto a aquisição de cota contemplada clique no link http://blog.abac.org.br/dicas-da-abac/o-golpe-da-falsa-cota-contemplada#blog
      abraço

  12. Graziele Dias Brum disse:

    Olá. Gostaria de saber se posso fazer mais de um consórcio. Exemplo: de uma casa mais um carro.

    1. ABAC disse:

      Olá, Graziele.

      É possível, sim. Você deverá adquirir duas cotas, uma de consórcio de veículo e outra de consórcio de imóvel, pois são de bens de categorias diferentes, segundo as normas do Banco Central.

      Abraço!