Publicado em 30/12/2016 as 11:00H
#Consorcie

Saiba mais sobre lance embutido no consórcio

Se você já conhece o consórcio ou é leitor do Blog da ABAC, já sabe que existem dois tipos de lance no consórcio, o com recursos próprios e o lance embutido. No post de hoje, vamos saber mais sobre o lance embutido, modalidade em que você usa parte do crédito como oferta.

Suponhamos que você tenha um consórcio para a compra de um veículo de R$ 50 mil. Porém, analisando as opções do mercado, você identificou um modelo de R$ 40 mil que atende perfeitamente às suas expectativas. Se você deseja ser contemplado o quanto antes e não foi sorteado até a última assembleia, você pode utilizar esses R$ 10 mil “extras” do seu crédito para ofertar um lance embutido.

É importante destacar que lance nada mais é do que a antecipação de prestações. Ao ofertar um lance com recursos próprios, você utiliza suas próprias economias para adiantar um determinado número de parcelas. Já no lance embutido, você antecipa essas parcelas utilizando parte do seu crédito.

Dessa forma, seguindo o exemplo acima, caso você oferte um lance embutido e seja contemplado, você não receberá um crédito contratado de R$ 50 mil, e sim de R$ 40 mil, pois a diferença (R$ 10 mil) será utilizada para pagar antecipadamente algumas parcelas do seu consórcio. Seja qual for o tipo de lance, o valor abatido será o mesmo, o que muda é a origem do dinheiro: se da sua reserva particular ou do seu crédito.

É importante compreender que mesmo que você oferte um lance embutido e receba um crédito menor, todas as taxas continuarão a ser pagas sobre o valor integral do crédito. Afinal, você não irá utilizar a diferença para a compra do bem ou serviços, mas sim para quitar parte da sua dívida junto ao grupo e à administradora.

A contemplação por lance embutido somente ocorrerá se a sua oferta for a vencedora. Você concorrerá igualmente com outros participantes que desejem ofertar lances, sejam eles embutidos ou com recursos próprios, de acordo com as regras estabelecidas em contrato. O valor só será descontado do seu crédito se seu lance for o vencedor.

Lance embutido + lance com recursos próprios 

O consórcio é bastante flexível e te permite inúmeras possibilidades. Uma delas é mesclar os dois tipos de lance, embutido e com recursos próprios, desde que conte no contrato de adesão. Neste caso, a ABAC orienta que você coloque no papel todos os prós e contras e analise se o valor total que será disponibilizado atenderá aos seus objetivos.

Lance embutido como FGTS 

Se você tem um consórcio para aquisição de imóvel residencial, pode usar até 100% do saldo da sua conta vinculada ao FGTS para ofertar um lance. Como o valor é pago diretamente ao vendedor do imóvel, o lance com FGTSé considerado lance embutido: se o seu crédito é de R$ 200 mil e você oferta R$ 30 mil com esse recurso, a administradora disponibilizará R$ 170 mil para você adquirir o bem. Ao todo você terá os R$ 200 mil para a compra do imóvel.

Vale lembrar que existem alguns pré-requisitos para utilizar o FGTS no consórcio de imóvel residencial. Saiba mais no post Como usar o FGTS no consórcio de imóvel residencial. 

Abatimento das parcelas 

Quando a contemplação ocorre por meio do lance, seja embutido ou com recursos próprios, as parcelas do consórcio podem ser abatidas de três maneiras: quitando da última para a primeira (ordem inversa), quitando a contar pelo próximo pagamento (ordem direta) ou diminuindo o valor de todas as prestações em aberto. Cabe à administradora definir as regras do grupo e registrá-la no contrato de adesão.

O lance embutido está previsto na Circular número 3.432 do Banco Central do Brasil, o órgão regulador e fiscalizador do Sistema de Consórcios. Trata-se de mais uma possibilidade para que o consorciado seja contemplado e consiga realizar seus planos sem depender apenas dos sorteios. Confira as regras contratuais do seu grupo ou da administradora e fique à vontade para entrar em contato com a ABAC em caso de dúvidas no falecom@abac.org.br ou deixando um comentário abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

4 comentários sobre “Saiba mais sobre lance embutido no consórcio”

  1. LUISA MIRANDA disse:

    Olá, Gostaria de tirar uma dúvida. Hipoteticamente tenho um consórcio no valor de 50.000,00 a carta de crédito, porém irei utilizar R$ 15.000,00 para dar o lance. Pagando R$ 800,00 em 72 prestações da carta de crédito de 50 mil Reais, gostaria de saber o que muda no pagamento dessas parcelas. Dando o lance de 15 mil, embutido na carta, e comprando um bem de R$ 35.000,00, o valor será abatido do total das minhas prestações ou no final eu pagarei R$ 58.000,00 num bem de 35 Mil? Essa é minha única dúvida, se no final acabo pagando o valor total ou se apenas o valor da taxa administrativa que seria maior na carta de 50 mil do que uma de 35, é que eu pago além?

    1. ABAC disse:

      Olá, Luisa.

      O lance embutido é uma operação normatizada pelo Banco Central do Brasil (artigo 9º da Circular BC nº 3.432, de 03/02/2009) e nada mais é do que a possibilidade do consorciado ofertar lance com parte do seu próprio crédito. De acordo com as regras estabelecidas pelo Banco Central, o valor do crédito disponibilizado na assembleia geral ordinária deverá ser utilizado da seguinte forma:

      1 – Para a aquisição do bem ou contratação do serviço, a administradora deverá disponibilizar o valor da diferença entre o crédito liberado na assembleia geral ordinária e o lance embutido ofertado, acrescido dos rendimentos líquidos financeiros proporcionais ao período compreendido entre a data em que colocado à disposição do cotista até a sua utilização. Exemplo proposto:
      Valou do crédito disponibilizado na assembleia geral ordinária = R$ 50.000,00.
      Lance embutido ofertado = R$ 15.000,00.
      Valor a ser liberado para a aquisição do bem ou contratação do serviço = R$ 35.000,00 acrescidos dos rendimentos líquidos provenientes de aplicação financeira deste valor.

      2 – Para a quitação de prestações vincendas, a administradora deverá utilizar o valor do lance embutido ofertado. Exemplo proposto:
      Valou do crédito disponibilizado na assembleia geral ordinária = R$ 50.000,00.
      Lance embutido ofertado = R$ 15.000,00.
      Valor a ser utilizado para o pagamento de prestações vincendas = R$ 15.000,00.

      Portanto, o grupo disponibiliza ao cotista que tenha ofertado lance, seja embutido ou com recursos próprios, o mesmo valor. A diferença está em como poderá ser o crédito utilizado, Razão pela qual permanecem as prestações vincendas e não pagas obedecendo as regras de reajuste estabelecidas em contrato.

      Abraços

  2. Rosangela da Silva disse:

    Com base na pergunta da Luisa, tenho a mesma dúvida.
    Não ficou claro. No fim, pago pelos 35 mil ou 58 mil??

    1. ABAC disse:

      Olá, Rosângela.

      No exemplo da Luiza, o consorciado pagará o valor do crédito contratado atualizado somado às taxas determinadas em contrato. O valor referente ao lance embutido (R$ 15.000) será abatido do saldo devedor de uma dessas três formas: quitando as últimas parcelas, as próximas a vencer ou reduzindo seus valores de todas a vencer. Em resumo, a referência continuará sendo o valor integral do crédito atualizado (para saber sobre atualização, leia http://blog.abac.org.br/consorcio-de-a-a-z/correcao-valor-credito-no-consorcio#blog), afinal, o consorciado utilizou o valor integral: R$ 35.000 para aquisição do bem e R$ 15.000 para quitação das prestações.

      Qualquer outra dúvida, estamos à disposição!

      Abraços