Tour virtual: Galeria de Arte do Banco Central

02 . set . 2021

Além do Museu de Valores, o Banco Central do Brasil também conta com uma Galeria de Arte. Seu acervo conta com 554 peças de reconhecidos artistas do Modernismo brasileiro. Assim como o Museu de Valores, a visitação presencial à Galeria de Arte está suspensa por tempo indeterminado, em função da pandemia. Mas é possível visitá-la por meio de um tour virtual.

Antes de tudo, importante destacar que as exposições da Galeria de Arte contribuem para a formação e o desenvolvimento da cultura brasileira pela preservação, pesquisa e divulgação do patrimônio histórico, artístico e intelectual.

O tour virtual é gratuito e está disponível a quem desejar, no site do BC. Acesse: https://www.bcb.gov.br/acessoinformacao/museu/tourvirtual/

Depois de conferir a Galeria de Artes, visite também o Museu de Valores, o Salão Nobre e a Galeria dos Ex-Presidentes.

A Galeria de Arte

​​Inaugurada em Brasília, em 1989, a Galeria de Arte do Banco Central tem como objetivo divulgar o acervo pertencente à instituição. Em 1997, a Galeria foi desativada em razão de reestruturações internas e reaberta para visitação pública em 21 de dezembro de 2006, após reformulação do espaço.

O acervo de 554 peças é composto por pinturas, desenhos, gravuras e esculturas, principalmente de reconhecidos artistas brasileiros relacionados ao Modernismo brasileiro, como Candido Portinari, Di Cavalcanti, Ismael Nery e Tarsila do Amaral.

A coleção foi formada durante a década de 1970, principalmente por decorrência de processos de liquidação dos bancos de investimento Halles e Áurea que deixavam de atuar no mercado financeiro brasileiro. 

Do Banco Halles, o Banco Central recebeu 13 painéis de Candido Portinari. São eles os 12 trabalhos da série Cenas Brasileiras e o grande painel Descobrimento do Brasil. Essa é uma de suas mais importantes obras, que fica exposta no salão nobre do Banco Central (que também está disponível para visitação virtual).

Além disso, o Banco Áurea disponibilizou uma coleção originária da falência da Galeria Collectio, que concentrava grandes nomes do mercado de artes plásticas, em regra, artistas ligados ao modernismo ou a seus desdobramentos.

Para mais informações ou dúvidas sobre este serviço, entre em contato:

Pela página Galeria de Arte 

Pelo e-mail museudevalores@bcb.gov.br

O Banco Central do Brasil

A Lei nº 4.595 criou o Banco Central do Brasil, em 1964. Trata-se de uma autarquia federal, caracterizada pela ausência de vinculação a Ministério e que possui autonomia técnica, operacional, administrativa e financeira. Ele tem por objetivo assegurar a estabilidade de preços, além de zelar pela estabilidade e pela eficiência do sistema financeiro. Além disso, suavizar as flutuações do nível de atividade econômica e fomentar o pleno emprego.

O Banco Central do Brasil é responsável pela normatização, coordenação, supervisão, fiscalização e controle das atividades do Sistema de Consórcios, de acordo com a Lei 11.795/08 (Lei dos Consórcios).

Categoria(s):

Institucional

Tag(s):

, , , , , ,

Deixe seu comentário

Receba novidades



    ENVIE SUGESTÕES
    DE POSTAGENS