Publicado em 21/09/2018 as 20:32H
Drops de Mercado

Sistema de Consórcios em julho/2018: dados econômicos

A procura pelo consórcio permaneceu em alta no país no período de janeiro a julho de 2018. Todos os segmentos que compõem o Sistema de Consórcios registraram aumento nas vendas. Conheça os resultados.


De janeiro a julho de 2018, foram comercializadas 1,43 milhão de cotas de consórcio. Mais uma vez, trata-se do melhor resultado para o período desde 2014. Apenas em julho, ocorreu a entrada de 213,9 mil novos consorciados. Trata-se do segundo maior volume do ano. Vale ressaltar que o segmento de motocicletas alcançou o melhor desempenho mensal no ano, com 86 mil adesões.

O total de participantes ativos no Sistema de Consórcios em julho fechou em 7,034 milhões. Esse contingente é 2% superior aos 6,896 milhões alcançados no mesmo mês de 2017. Nos últimos dez meses, o número de consorciados vem crescendo constantemente.

Ao final desse texto, conheça os resultados gerais do Sistema de Consórcios. Antes, confira o desempenho de cada segmento de janeiro a julho de 2018, em comparação com o mesmo período de 2017.

Consórcio de veículos leves:

As vendas cresceram 5,4%, com a comercialização de 647 mil cotas. Com isso, foram comercializados créditos de R$ 26,95 bilhões, crescimento de 4,7%. As contemplações e o volume de créditos disponibilizados tiveram expansão de 6,8%. Em valores absolutos, foram 327,8 mil contemplações e R$ 13,37 bilhões. Em julho, o número de participantes ativos nesse segmento fechou em 3,59 milhões – alta de 4,4%. Já o tíquete médio, de R$ 42 mil, representou baixa de 2,8%.

Consórcio de motocicletas:

O segmento continua em recuperação, com as vendas crescendo 14,4%. Foram comercializadas 561,75 mil cotas de janeiro a julho de 2018. No período, o volume de créditos comercializados teve alta de 12%, fechando em R$ 4,68 bilhões. As 289,5 mil contemplações e os R$ 3,1 bilhões de créditos caíram no mesmo patamar, de 12,7%. Em julho, o número de participantes ativos baixou 4,8%, ficando em 2,19 milhões. Já o tíquete médio, de R$ 8,4 mil, ficou 4,5% abaixo do atingido em julho de 2017.

Consórcio de veículos pesados:

O volume de créditos comercializados de janeiro a julho de 2018 cresceu 28,6%. Foram gerados negócios da ordem de R$ 5,53 bilhões, reflexo da venda de 36,6 mil cotas. Esse resultado da comercialização foi 26,4% superior ao atingido no mesmo período de 2017. O número de contemplações e o volume de créditos disponibilizados cresceram no mesmo patamar: 15%. Foram 19,55 mil contemplados e disponibilizados créditos de R$ 2,76 bilhões. Em julho, o Sistema de Consórcios alcançou 293 mil consorciados ativos no segmento e um tíquete médio de R$ 152,1 mil. Comparando esses indicadores com o alcançado no mesmo mês de 2017, houve alta de 6,5% e estabilidade, respectivamente.

Consórcio de imóveis:

O total de consorciados ativos fechou em 870 mil, crescimento de 7,9% em relação ao obtido em julho de 2017. O tíquete médio no mês ficou estável, contabilizado em R$ 136,8 mil. No acumulado do ano até julho, o número de contemplações e o volume de créditos disponibilizados cresceram 2,2%. O primeiro, beneficiando 41,3 mil consorciados, e o segundo, com a disponibilização de R$ 4,13 bilhões em créditos. A comercialização no período também registrou expansão de 2,2%, com a venda de 144,75 mil cotas. O volume de créditos comercializados de janeiro a julho foi de R$ 19,65 bilhões – crescimento de 3,7%.

Consórcio de serviços:

O maior crescimento foi registrado em créditos comercializados, que teve alta de 58%. De janeiro a julho, foram gerados negócios da ordem de R$ 186,03 milhões. No mesmo período, foram vendidas 26,15 mil cotas, expansão de 52,9%. Já as contemplações, que beneficiaram 10,33 mil consorciados, foram 41,3% maiores. Em volume de créditos disponibilizados, a alta chegou a 41,4%, com R$ 57,49 milhões. Em julho, o número de consorciados ativos anotou expansão de 44%, fechando em 65,5 mil. Por fim, o tíquete médio no sétimo mês do ano foi de R$ 7,5 mil – valorização de 1,3% sobre julho de 2017.

Consórcio de eletroeletrônicos:

A alta nos indicadores chegou a 40,2% em volume de créditos comercializados, que totalizou R$ 73,69 milhões de janeiro a julho. Esses negócios foram gerados a partir da venda de 14,6 mil cotas, aumento de 35,8%. No período, tanto as contemplações quanto o volume de créditos disponibilizados tiveram expansão de 30,3%, fechando em 5,69 mil e R$ 30,45 milhões, respectivamente. Em julho, o segmento atingiu 35,5 mil participantes ativos, alta de 29,1%, e o tíquete médio se manteve estável, fechando em R$ 5,1 mil.

Sistema de Consórcios em Geral

Confira o desempenho do Sistema, considerando-se todos os segmentos, no acumulado de janeiro a junho de 2018.

Clique aqui para conhecer outros resultados econômicos do Sistema de Consórcios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*