fbpx
Publicado em 9/09/2019 as 13:14H
Drops de Mercado

Sistema de Consórcios em julho/2019: dados econômicos

Nos sete primeiros meses do ano, o Sistema de Consórcios comercializou R$ 72,32 bilhões em créditos, 26,70% acima do registrado no ano passado. Foram vendidas 1,64 milhão de cotas, alta de 14,69%. Se considerado de 2016 a 2019, o crescimento foi de 36,67%. É o maior resultado já conquistado pelo setor.

Foram contemplados no período 704,33 mil consorciados, e concedidos R$ 24,18 bilhões em crédito. O tíquete médio de julho último foi de R$ 46,06 mil,12,2% mais que os R$ 41,05 mil daquele mês, no ano passado. No mês de julho, o Sistema de Consórcios contabilizou 7,32 milhões de participantes ativos, alta de 4,13%.

O maior número de consorciados ativos continua concentrado no segmento de veículos leves, com 50,96%. Na sequência estão Motocicletas e Motonetas, com 29,51%; Imóveis, com 12,99%; Veículos Pesados, com 4,40%; Serviços, com 1,33%; e Eletroeletrônicos e Outros Bens Móveis duráveis, com 0,81%.

Confira a seguir o desempenho de cada segmento, em comparação com o mesmo período do ano passado.

Consórcio de Veículos Leves

De janeiro a julho, esse segmento somou 719,67 mil adesões, 11,23% mais. O créditos contratados aumentaram de R$ 26,95 bilhões para R$ 32,43 bilhões, avanço de 20,33%. As contemplações (332,31 mil) cresceram 1,39%, e os correspondentes créditos concedidos (R$ 13,54 bilhões), 1,27%. O tíquete médio de julho foi de R$ 46,52 mil, 10,81% maior, e o total de participantes ativos naquele mês foi de 3,73 milhões, alta de 3,90%.

Consórcio de Motocicletas e Motonetas

Com aumento de 11,63% nas vendas de 627,06 mil cotas, o segmento somou R$ 5,70 bilhões em créditos, alta de 21,79%. AS 282,51 mil contemplações, 2,41% menores que no ano passado, resultaram na concessão R$ 3,02 bilhões, queda de 2,58%. Em julho, o tíquete médio das cotas aumentou 14,88% e atingiu R$ 9,65 mil (jul/2019). O total de participantes caiu para 2,16 milhões (-1,37%).

Consórcio de Veículos Pesados

O setor de veículos pesados registrou resultados melhores que os do ano passado em todos os indicadores. As vendas acumuladas no ano (49,78 mil cotas) cresceram 36,01%. Os créditos contratados por essas cotas (R$ 8 bilhões) subiram 44,67%. Foram contemplados no período 21,59 mil consorciados (+10,43%), e os créditos concedidos subiram 10,87%, totalizando R$ 3,06 bilhões (jan-jul/2019). Em julho, o volume de consorciados ativos nos grupos de pesados cresceu 9,82%, fechando em 321,76 mil. O tíquete médio do mês ficou em R$ 155,62 mil, alta de 2,31%.

Consórcio de imóveis

As vendas de 174,07 mil novas cotas de imóveis, de janeiro e julho, representaram alta de 20,26%. Os créditos contratados por esses novos consorciados somaram R$ 25,70 bilhões, aumento de 30,79%. Foram contemplados 44,16 mil consorciados, e concedidos R$ 4,43 bilhões em créditos, altas de 7,05% e 7,26%, respectivamente. Foi registrada alta de 13,56% no tíquete médio mensal, que ficou em R$ 155,31 mil, e o total de participantes em julho foi de 951,08 mil, 9,32% maior que em julho passado. De janeiro a julho, 2,45 mil consorciados-trabalhadores utilizaram parcial ou totalmente seus saldos nas contas do FGTS, somando pouco mais de R$ 115,84 milhões, segundo o Gepas/Caixa.

Consórcio de Serviços

Foram realizadas 41,12 mil adesões a este segmento, alta de 63,5%. Os correspondentes créditos avançaram 77,39%, ao somar R$ 330 milhões. As contemplações nos sete meses (16,2 mil) foi 56,82% maior que em 2018, e o total de créditos concedidos (R$ 89,97 milhões) cresceu 56,50% no mesmos períodos. O tíquete médio de julho foi de R$ 8,28 mil (+11,14%). O segmento somou 97,36 mil participantes ativos naquele mês, 48,64% maior que em 2018.

Consórcio de eletroeletrônicos

O crescimento das vendas de novas cotas saltaram de 14,60 mil para 28,65 mil – alta de 96,23%. Os créditos comercializados (R$ 160,09 milhões) cresceram 117,25%. No período, houve 7,58 mil contemplações, avanço de 33,22%, enquanto os créditos concedidos (R$ 36,94 milhões) cresceram 21,31%. O tíquete médio de julho também contribuiu ao elevar-se em 22%: saltou de R$ 5,09 mil para R$ 6,21 mil. O volume de consorciados ativos em julho chegou em 63,40 mil, 78,59% maior no ano passado.

Sistema de Consórcios em Geral (todos os segmentos)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*