fbpx

Como usar o 13º salário para turbinar seu consórcio

05 . dez . 2019

O pagamento do 13º salário deve injetar R$ 214,6 bilhões na economia brasileira até dezembro, segundo projeção do DIEESE. Será um alívio no bolso de 81 milhões de brasileiros neste fim de ano, entre os quais os participantes do Sistema de Consórcios. Por isso, preparamos algumas dicas para mostrar como é possível usar o 13º salário no consórcio.

– Pagar prestações atrasadas

A prioridade para quem está em situação de inadimplência deve ser sempre o pagamento das contas em atraso. No Sistema de Consórcios, não é diferente. Se você está inadimplente, sua prioridade deve ser colocar as prestações em dia. Isso porque o consórcio é uma forma de concretizar objetivos em grupo e é preciso garantir a segurança e o direito de compra dos demais participantes. Logo, o consorciado inadimplente está sujeito a algumas sanções.

Além do pagamento de juros e multa, o consorciado inadimplente fica excluído da participação nos sorteios e também perde o direito de ofertar o lance – saiba mais no post Atrasei a prestação do consórcio: e agora? Se ele já tiver sido contemplado, corre o risco de ter as garantias fornecidas executadas pela administradora. Entre em contato com sua administradora e procure fazer um acordo.

– Ofertar lance

Está tudo em dia com seu consórcio? Então você pode aproveitar o 13º salário para tentar antecipar a sua contemplação. Oferte o valor recebido como lance ou, se você já vem fazendo uma reserva financeira com este objetivo, aproveite para aumentar o saldo.

Existem alguns critérios para definição do lance vencedor. Pode ser o maior valor total, o maior valor percentual em relação ao crédito ou ainda outro critério, como número de parcelas. A condição essencial é que os consorciados concorram em igualdade. Veja mais detalhes no post Como é definido o lance vencedor no consórcio?

– Antecipar prestações

Se você já tiver sido contemplado no consórcio, saiba que é seu direito poder antecipar as prestações. Uma das vantagens dessa antecipação de algumas parcelas, a chamada amortização, é que além de aliviar o orçamento mensal, ainda reduz os valores pagos com a correção do crédito.

A antecipação das parcelas pode acontecer de três formas: 1) quitando as prestações vincendas mais próximas, 2) quitando as prestações vincendas a contar da última e 3) diminuindo o valor de todas as próximas parcelas mensais, considerando a quantia antecipada. Para saber quais possibilidades são aceitas por sua administradora, consulte seu contrato. Leia o post Como posso antecipar o pagamento do consórcio?

– Complementar o valor do crédito

Por fim, essa dica é para o consorciado já contemplado que não utilizou o crédito ou simplesmente para quem for contemplado neste fim de ano. Há ainda a possibilidade de usar o 13º salário para complementar o valor do crédito e adquirir um bem, ou contratar serviço, acima do previsto inicialmente.

Vale acrescentar, que mesmo que seu contrato seja referenciado em determinado bem, você pode adquirir outro, desde que pertencente à mesma categoria. Veja o que estabelece o Banco Central na Circular BC 3.432/09. Além disso, é direito do consumidor escolher o fornecedor ou prestador de serviços que melhor lhe convier.

Leia também:

Categoria(s):

Dicas da ABAC

Tag(s):

, , , , , ,

Deixe seu comentário

*

Receba novidades



ENVIE SUGESTÕES
DE POSTAGENS