Publicado em 23/08/2016 as 12:58H
Cases

“Enxerguei uma oportunidade e fiz um consórcio” 

É de Paraibuna, um pequeno município que tem cerca de 18 mil habitantes e fica localizado no interior do Estado de São Paulo, que vem este case de sucesso do Sistema de Consórcios. A autônoma Alessandra Teixeira Pereira precisava aumentar a renda da família e fez um consórcio para alcançar seu objetivo. “No comércio da cidade não tinha ninguém vendendo pipoca, enxerguei uma oportunidade e por isso decidi que devia comprar um carrinho”.

O empreendedorismo é muito comum no Brasil, com uma taxa que chegou a quase 40% em 2015, de acordo com a pesquisa GEM – Global Entrepreneurship Monitor. Assim como Alessandra, 56% dos empreendedores que estão criando ou já abriram uma empresa o fizeram depois de identificar uma oportunidade. “Como em Paraibuna ninguém vendia pipoca na rua, fiz o consórcio para comprar o carrinho e sempre que tem festa de bairro, algum evento, a gente leva ele para lá”, conta Alessandra.

A autônoma entrou num grupo de consórcio de eletroeletrônicos e outros bens móveis, em fevereiro deste ano, e já no final de março foi contemplada através de lance. Desde que adquiriu o carrinho, passou a trabalhar com ele ao lado de seu filho, três vezes por semana, às quintas, sábados e domingos, como forma de complementar sua renda com outras funções que desempenha. “Sem o consórcio, seria muito mais complicado de fazer essa aquisição, não teria nem condições de comprar. Em loja, tudo só pode ser passado em cartão ou cheque, fica difícil. No consórcio, dei a entrada nos papéis, um pequeno lance que acabou me contemplando e agora pago uma mensalidade que cabe dentro do meu orçamento”, explica Alessandra.

IMG-20160818-WA0001

Segundo Alessandra, sua família já possui um histórico de realização de objetivos e aquisição de bens através do consórcio e por isso a escolha por essa opção de financiamento aconteceu de forma natural. “Meu marido já tinha feito aquisições de eletrodomésticos, como geladeira, através do consórcio. Também minha filha utilizou o consórcio para comprar uma moto exatamente do jeito que ela queria. O próximo item que será adquirido, da mesma forma, vai ser uma Smart TV. Em Paraibuna, tenho falado do consórcio para todo mundo”, conclui.

Se você também tem uma experiência bem sucedida com o Sistema de Consórcios, conte para a gente. Entre em contato pelo e-mail marketing@abac.org.br e compartilhe sua história.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*