Ana Marcela Cunha: a consorciada favorita ao título em Tóquio

27 . jul . 2021

Ana Marcela Cunha é puro orgulho brasileiro. Aos 29 anos, a baiana é um fenômeno das maratonas aquáticas e carrega o título de maior medalhista de todos os tempos em Campeonatos Mundiais. Ela, que tem uma história de sucesso com o consórcio, é a única representante do Brasil da modalidade nas Olimpíadas de Tóquio 2020/2021, sendo a favorita ao título.

Ana Marcela já soma 11 pódios em mundiais no currículo, sendo cinco de ouro, dois de prata e quatro de bronze, entre diversos outros títulos nacionais e internacionais, como o ouro nos Jogos Pan-Americanos de Lima 2019. 

No Japão, a supercampeã, que disputou os Jogos Olímpicos pela primeira vez com apenas 16 anos, em Pequim 2008, sonha em chegar ao pódio pela primeira vez para coroar sua brilhante carreira. Sua participação ocorrerá no dia 03 de agosto, às 18h30 (horário de Brasília). Vamos torcer juntos!

Maratonas Aquáticas

Modalidade relativamente nova no programa olímpico, a maratona aquática, como o nome indica, é uma prova de endurance, que testa limites físicos e técnicos dos atletas em desafios de 10km de natação em águas abertas. 

A maratona aquática estreou nos Jogos Olímpicos na edição de 2008, em Pequim, e o Brasil conquistou a primeira medalha em 2016, no Rio de Janeiro, com Poliana Okimoto. 

Ana Marcela e o consórcio

Ana Marcela Cunha é um case de sucesso do consórcio. A nadadora optou pela modalidade para comprar jet skis e tirar do papel o sonho de desenvolver um projeto socioeducativo. 

Filha de pai nadador e mãe ginasta, ela já havia participado de grupos de consórcio de automóveis e imóveis. Com a boa experiência anterior, viu na modalidade a oportunidade ideal para comprar seu primeiro jet ski. 

“Como eu não tinha pressa para comprar, não tinha necessidade de dar entrada e, principalmente, não queria pagar juros do financiamento, escolhi o consórcio. Isso tornaria as parcelas mais suaves e possíveis de serem pagas sem aperto”, explicou.

Projeto socioeducativo

A medalhista brasileira revelou que está desenvolvendo um projeto socioeducativo que demandará, pelo menos, dois equipamentos. Esse foi o motivo que a levou a aderir a um segundo grupo de consórcio, no qual também já foi contemplada.

“Ao ser contemplada por lance mínimo fixo, na primeira assembleia, e ter minhas parcelas vincendas reduzidas, decidi comprar uma segunda cota”, explica. E, novamente, com a sorte ao seu lado, foi contemplada, desta vez por sorteio, no terceiro mês.

Apesar de já estar com os dois jet skis comprados, Ana Marcela conta que ainda não teve oportunidade de experimentá-los, pois estava treinando, no Rio de Janeiro, para as Olimpíadas: “Só vou poder ‘brincar’ de agosto em diante. Mas, com certeza, vou aproveitar bastante”, afirmou.

A ABAC e o Sistema de Consórcios desejam que Ana Marcela, que já enche de orgulho a todos os brasileiros, tenha ainda mais motivos para “brincar” e comemorar!

Clique na imagem abaixo e acompanhe a atleta no Instagram!

Crédito: Mariana Brochado 

Consórcio para comprar embarcações

O consórcio pode te ajudar a realizar o sonho de navegar. Para isso, basta procurar uma administradora autorizada pelo Banco Central e buscar por um grupo de consórcio de veículos automotores, no qual é possível usar o crédito para adquirir qualquer tipo de veículo, embarcação, aeronave, máquina e equipamento, pois todos esses bens pertencem à mesma categoria. 

Você pode pesquisar entre administradoras de consórcios autorizadas pelo Banco Central qual oferece o plano que melhor atende aos seus objetivos, com crédito necessário para comprar o jet ski ou qualquer outra embarcação que desejar, prazo ideal para pagamento e taxas adequadas.

Saiba mais em:

Categoria(s):

Cases

Tag(s):

, , , , , , , ,

Deixe seu comentário

Receba novidades



    ENVIE SUGESTÕES
    DE POSTAGENS