fbpx

Veículo novo ou usado: o que preferem os consorciados?

28 . fev . 2020

Comprar um veículo novo ou optar por um modelo usado. Essa é uma escolha que o consorciado contemplado pode fazer, dependendo do que estiver previsto em seu contrato de adesão. E considerando os dados de 2019, qual será a preferência dos contemplados no consórcio de veículos em geral?

Nesse post, mostramos os principais destaques do consórcio de veículos no ano de 2019. Entre eles, o montante de R$ 34,1 bilhões disponibilizado em créditos aos contemplados nos segmentos de veículos leves, pesados ou motocicletas. Agora, a partir de disponibilizados pela B3, você conhecerá mais sobre as preferências do consorciado ao fazer uso de seu crédito, inclusive com indicadores regionais.

Segundo a B3, o consórcio foi o mecanismo utilizado em 715.776 das unidades vendidas no País. Desse total, a maioria (50,8%) fez a opção por um veículo novo, o que representa 363.480 unidades. Os outros 49,2%, ou 352.296 unidades, foram veículos seminovos. Essa pequena diferença se deve ao segmento de motocicletas, conforme você pode ver abaixo.

Consórcio de motocicletas: modelos novos se destacam

Ao utilizar o crédito obtido mediante contemplação, a preferência do participante dos grupos de motocicletas é por modelos novos. De acordo com dados da B3, 279.775 motos foram adquiridas com consórcio em 2019. Destas, 88,9% eram motos novas.

O Nordeste foi a região que concentrou mais compras de motocicletas com consórcio. Chegou a 120.004 unidades, sendo que deste total 93,8% eram modelos novos. Em segundo lugar, a região Sudeste alcançou 64.146 unidades vendidas, sendo 83% de motos zero quilômetro. A maior presença de motos usadas foi percebida na região Sul, com 37,6% das unidades adquiridas com consórcio.

Consórcio de veículos leves: maioria prefere usados

Assim como nos anos anteriores, os usados foram preferência da maioria absoluta: dos 401,57 mil veículos comprados com crédito do consórcio, 74,4% eram usados, segundo dados da B3.

A região que registrou maior volume comprado com consórcio foi o Sudeste, com 159,54 mil unidades. Desses, 72,4% eram usados. A segunda maior foi o Nordeste (94,85 mil), com 76,2% de usados. A região com maior preferência por novos foi o Norte: 33,6% dos 22,46 mil veículos comprados por consórcio em 2019 eram zero quilômetro.

Consórcio de veículos pesados: preferência por usados

Os modelos usados são a preferência no segmento de veículos pesados, assim como ocorre no consórcio de veículos leves. A opção por este tipo chegou a 65,4% das 34.428 unidades de veículos pesados adquiridas com consórcio, informou a B3.

O Nordeste, com 5.626 unidades, foi a região que deteve a maior participação de usados (78,9%) entre o total de modelos adquiridos com consórcio. No Sudeste, que lidera em números absolutos (13.402 unidades), registrou a menor participação: 62,1%. Bem perto, com 62,3%, ficou a região Sul, com 9.986 unidades – a segunda maior do segmento de veículos pesados.

Para conhecer outros resultados do consórcio, leia o postQuase 3 milhões de adesões ao consórcio em 2019.

Categoria(s):

Drops de Mercado

Tag(s):

, , , , , , ,

Deixe seu comentário

*

Receba novidades



ENVIE SUGESTÕES
DE POSTAGENS