fbpx

Consórcio de eletros: vendas cresceram quase 90% em 2019

21 . fev . 2020

O consórcio de eletros, que já foi o maior do Sistema na década de 80, viveu seu quarto ano de recuperação, após quedas consecutivas nas adesões. Em 2019, foi o que registrou o maior percentual de alta nas adesões, dentre todos os segmentos do consórcio.

O segmento somou quase 55 mil novas cotas vendidas, 88,8% maior que as 29 mil registradas em 2018. O valor médio da cota vendida em 2019 foi de R$ 6,68 mil, 31% maior que o do ano anterior (R$ 5,12 mil).

Com esses resultados, os créditos comercializados pelo consórcio de eletros ultrapassaram R$ 365 milhões, 146,5% mais que no ano anterior (R$ 148,36 milhões). Se comparado a 2015, quando o segmento comercializou o menor volume de sua história (R$ 64,3 milhões), a alta foi de 469%, uma média de 25% ano ano.

No encerramento do ano, em dezembro, o segmento contava com 67,17 mil participantes em grupos em andamento, 61,9% a mais que em 2018.

Contemplações têm alta quase 60%

Em 2019, quase 17 mil consorciados foram contemplados e puderam usar o crédito contratado. Esse total é 58,4% maior que no ano anterior. Com todas essas contemplações, foram disponibilizados para a compra de eletroeletrônicos R$ 82,50 milhões, 42,9% maior que os R$136,70 de 2018.

Os consorciados contemplados neste segmento podem utilizar o crédito para a compra de qualquer bem móvel, exceto veículo automotor, aeronave, embarcação, máquinas e equipamentos, como determina o Banco Central do Brasil.

Levantamento recente da Assessoria Econômica da ABAC, identificou como os créditos de eletros foram usados em 2019. Revelou também outras informações sobre os grupos, como variação de créditos, prazo e taxa de administração média. Para conferir, acesse:

Mais informações, em breve, no Anuário 2020 do Sistema de Consórcios. Aguarde!

Categoria(s):

Drops de Mercado

Tag(s):

, , ,

Deixe seu comentário

*

Receba novidades



ENVIE SUGESTÕES
DE POSTAGENS