fbpx

Ativos Administrados pelo Sistema de Consórcios atingem R$ 217 bilhões

04 . nov . 2019

O Sistema de Consórcios encerrou o 1º semestre registrando alta no total de Ativos Administrados (AA). Dados do Banco Central do Brasil (BCB), divulgados pela ABAC, mostram que, em junho, o montante atingiu R$ 217 bilhões. Trata-se de uma alta de 1,88% em relação aos R$ 213 bilhões registrados em junho de 2018.

Os ativos administrados representam a soma dos recebíveis e das disponibilidades e aplicações financeiras. Quando comparados com os valores registrados há três anos, a expansão nesse indicador é mais expressiva. Em junho de 2016, ficou em R$ 172 bilhões. Ou seja, os resultados de junho deste ano representam alta de 26%.

Combinado com outro resultado, referente a alta do Patrimônio Líquido Ajustado (PLA), o incremento nos ativos administrados atestam o avanço na liquidez do Sistema de Consórcios. Na contabilidade, esse termo significa a velocidade e facilidade com a qual um ativo pode ser convertido em caixa.

Numa relação como o consórcio, em que o consumidor deposita na administradora a confiança de que ela fará a boa gestão dos recursos do grupo, é fundamental contar com esse tipo de segurança. A empresa ficará responsável por garantir a sustentabilidade do grupo e que todos os participantes sejam contemplado até o encerramento, por meio de sorteio ou lance.

Patrimônio Líquido cresce quase 15%

No encerramento do 1º Semestre de 2019, o Patrimônio Líquido Ajustado (PLA) do Sistema de Consórcios teve alta de 14,8%. Foi de R$ 13,12 bilhões, em junho de 2018, para R$ 15,07 bilhões, em junho deste ano. Considerando os resultados obtidos em junho de 2017, quando ficou em R$ 10,48 bilhões, o avanço chega a 43,8%.

Na definição do PLA de uma empresa ou entidade, são considerados alguns itens como capital social, fluxo de caixa e lucros acumulados. O valor é o resultado da diferença entre o ativo e o passivo da organização. No caso do Sistema de Consórcios, trata-se da soma do capital mais reservas das administradoras de consórcios.

O setor de consórcios está aquecido, registrando aumento na venda de novas cotas. As 2,11 milhões de adesões ocorridas entre janeiro e setembro de 2019, representaram alta de 12,2% sobre o mesmo período de 2018 – leia o post Sistema de Consórcios em setembro/2019: dados econômicos.

Com o incremento da atividade, a arrecadação de tributos e contribuições sociais também cresceu. Houve expansão de 11,35%, passando de R$ 1,41 bilhão em junho de 2018 para R$ 1,57 bilhões, em junho deste ano. Segundo a ABAC, o setor gera mais de 250 mil empregos diretos e indiretos em todo o país.

Leia também:

Categoria(s):

Drops de Mercado

Tag(s):

, ,

Deixe seu comentário

*

Receba novidades




ENVIE SUGESTÕES
DE POSTAGENS