Sistema de Consórcios ultrapassa 8 milhões de participantes

15 . jul . 2021

Com negócios e vendas em alta, o Sistema de Consórcios superou em maio a marca de 8 milhões de consorciados em todo o país. É a primeira vez que isso acontece em quase 60 anos de história. Ou seja, nunca houve tantos brasileiros planejando suas aquisições de bens ou contratação de serviços através do consórcio.

O quantitativo de pessoas que optaram por consumir de forma planejada equivale a mais de três vezes toda a população de Belo Horizonte (MG) e quase quatro vezes a população de Manaus (AM). Se os consorciados decidissem assistir a um Fla X Flu no Maracanã, seria preciso mais de 100 estádios para abrigar todos eles.

O recorde de participantes era esperado desde dezembro de 2020, quando superou os 7,8 milhões. Depois de uma pequena queda em janeiro de 2021, na comparação com o mês anterior, o indicador acumulou quatro altas mensais seguidas até ultrapassar o patamar de 8 milhões em maio. Dessa forma, registrou crescimento de 13% ante os 7,1 milhões contabilizados no mesmo mês de 2020.

Consorciados ativos por segmento

Como o número de participantes ativos do Sistema de Consórcios foi recorde em maio, naturalmente espera-se que, analisando os segmentos, eles também tenham atingido seus maiores valores. Em quatro deles, isso realmente ocorreu. O consórcio de veículos leves, por exemplo, que reúne quase metade do total de participantes ativos, se aproximou em maio dos 4 milhões. Fechou em 3,9 milhões, elevando em 11,4% os 3,5 milhões contabilizados em maio de 2020.

Já o consórcio de veículos pesados, superou pela primeira vez o patamar de 400 mil participantes ativos. Com alta de 17,4%, chegou a 411,62 mil em maio deste ano, ante 350,65 mil em maio de 2020. No segmento de serviços, o recorde registrado foi de 197,02 mil consorciados ativos, com incremento de 317,2% ante o mesmo mês do ano anterior.

O consórcio de imóveis, por sua vez, chegou a 1,09 milhão de participantes, crescendo 15% sobre os 948,21 mil contabilizados um ano antes. É o sétimo mês consecutivo que esse contingente permanece acima de 1 milhão, desde que foi superado pela primeira vez em novembro de 2020.

No consórcio de eletroeletrônicos e outros bens móveis duráveis, o total de participantes recorde foi atingido no mês anterior, em abril, quando chegou a 127.942. Ainda assim, os 121,35 mil de maio representaram elevação de 25,6% ante os 96,36 mil contabilizados no mesmo mês do ano anterior.

A mesma coisa ocorreu com o consórcio de motocicletas. Cresceu 10,06%, indo de 2,07 milhões para 2,29 milhões, de maio de 2020 para maio de 2021. Apesar de estar em recuperação, o segmento ainda tem espaço para crescer, já que o recorde de participantes ativos foi anotado em abril de 2014, quando havia 3,05 milhões de consorciados ativos no segmento.

Consumo consciente leva consumidores ao Sistema de Consórcios

Gerenciar finanças pessoais vem se tornando, gradativamente, um hábito como parte do controle orçamentário, em que compras e despesas são avaliadas e compromissos são programados. É justamente esse consumidor mais consciente que tem buscado o Sistema de Consórcios, na visão do presidente executivo da ABAC, Paulo Roberto Rossi.

“Ao evitar as chamadas compras por impulso, o brasileiro, com a influência e os exemplos, observados durante a pandemia, tem optado pela concretização de objetivos por meio do consórcio. A definição pela adesão à modalidade tem considerado suas peculiaridades, diferenciais e vantagens como a inexistência de cobrança de juros, custos finais menores, prazos de pagamentos mais longos e, principalmente, a preservação do poder de compra, quando da contemplação”, pondera.

Para mais informações sobre o desempenho do Sistema de Consórcios em Maio/2021, leia o Drops de Mercado.

Categoria(s):

Drops de Mercado

Tag(s):

, , , , , , , , , , ,

Deixe seu comentário

Receba novidades



    ENVIE SUGESTÕES
    DE POSTAGENS