fbpx
economizar-no-supermercado
Publicado em 27/01/2016 as 10:00H
Educação Financeira

Boas compras: confira dicas para economizar no supermercado

Em tempos de instabilidade econômica e inflação, muitas pessoas saem do supermercado com um sentimento em comum: a proporção entre o dinheiro e a quantidade de produtos do carrinho é cada vez mais inversa. E a dúvida também é geral: como economizar no supermercado, se a maioria dos produtos comprados são necessários para o dia a dia?

Se essa também é sua dúvida, confira algumas orientações da educadora financeira Cintia Senna, da Dsop Educação Financeira, para economizar no supermercado:

  • Organize sua lista: todas as vezes que você for ao supermercado, leve uma lista de compras organizada com o número exato de itens que você precisa e, se possível, uma estimativa de preço de cada produto (que você pode encontrar nos sites ou panfletos dos mercados), para poder saber, antes das compras, o valor aproximado do que será gasto. “Assim, antes de se deslocar até o local, é importante olhar armários, geladeira, área de serviço, congelador, fruteira e outros compartimentos, para não comprar produtos repetidos. E, claro, ao chegar ao supermercado, é preciso ser fiel à lista”, recomenda Cintia.
  • Faça uma refeição antes de partir: “Nós, educadores financeiros, costumamos dizer que ‘estomago cheio salva dinheiro’, já que ir ao supermercado com fome fará com que o nosso cérebro queira satisfazer essa necessidade momentânea apenas por ver os produtos bem dispostos nas prateleiras e sentir o cheiro dos alimentos”, explica a especialista. Por isso, a orientação é se alimentar muito bem alguns minutos antes de sair de casa para o supermercado e não deixar que o inconsciente nos faça comprar algo apenas por impulso ou fome.
  • Analise bem as ofertas: Comprar itens em promoção é muito vantajoso. Porém, essa regra não serve para todos os produtos e todas as ofertas do supermercado. “Ofertas do tipo ‘Leve 4 pague 3’ podem ser uma grande armadilha quando não estamos realmente precisando daqueles produtos. E muitas pessoas acabam comprando por impulso, estocando os itens em casa e, depois, precisam jogar tudo fora por causa da data de validade”, afirma a educadora. Dessa forma, a orientação é fazer uma pesquisa dos itens necessários, comparar preços em encartes ou sites de supermercado diferentes e, então, comprar com consciência. “Analisando o benefício pelo total a ser gasto na compra e não pelo preço de um único produto faz com que economizemos tempo e dinheiro”, conclui.
  • Faça um diagnóstico do seu consumo: Antes de sair às compras, é fundamental analisar o consumo diário, semanal ou mensal e estipular metas de gastos. “Colocar os produtos no carrinho e só descobrir o valor total da compra quando estiver no caixa não é uma atitude que valoriza todo o esforço que se faz para ganhar o dinheiro”, afirma Cintia. Por isso, segundo a especialista, é muito importante diagnosticar os saldos e os gastos durante um período a fim de conseguir estipular metas reais para o valor das compras.
  • Leve seus filhos ao mercado: Para muita gente, deixar os filhos em casa na hora das compras é sinônimo de economia. Porém, de acordo com a especialista, o supermercado é um ótimo local para educar financeiramente as crianças, ensinar o valor do dinheiro e mostrar a elas a importância de economizar. “Leve seu filho junto e aproveite o momento para explicar como comprar com consciência e como estabelecer prioridades. É claro que tudo depende da idade da criança. Porém, a partir dos três anos, elas já começam a ter uma noção básica do assunto.” E o ideal é que esses ensinamentos ocorram antes da ida ao supermercado, para que os filhos possam participar da elaboração da lista e do valor limite a ser gasto para essa finalidade. “Eles compreenderão melhor cada questão e poderão até ajudar os pais nesse processo. Uma boa ideia é dar a eles um valor específico para gastar com algo que desejam, ensinando-os o que podem ou não comprar com aquele valor”, sugere.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*