Publicado em 30/06/2016 as 13:29H
Educação Financeira

Finanças pessoais: aprenda a gastar melhor

Organizar suas finanças pessoais é um hábito que ainda não faz parte do cotidiano de quase metade dos brasileiros. Foi o que constatou uma pesquisa realizada em todas as capitais pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Logistas (CNDL), em que quase metade dos entrevistados (48,8%) declararam não realizar um controle sistemático do seu orçamento, sendo que 29,3% o fazem apenas ‘de cabeça’. A busca pela organização das finanças pessoais, além de cortar e controlar gastos, requer uma prática que pode fazer diferença no orçamento: aprender a gastar melhor.

À convite do Blog da ABAC, a economista Silvia Guido indica algumas lições para quem busca aprender a gastar melhor. Antes de fazer cada compra, questione-se sobre sua necessidade de adquirir o item, se há urgência na aquisição e se você pode esperar para fazer uma compra à vista. Por exemplo, se você precisa trocar seu celular, tem dinheiro poupado e pode pagar à vista, fará uma boa compra quando encontrar o modelo ideal em liquidação. No caso do mal comprador, ele tem um celular que satisfaz suas necessidades, mas quando vê o modelo novo em liquidação, compra sem ter dinheiro poupado ou se planejado para isso.

5 lições para gastar melhor

  1. Ao fazer uma compra por impulso, sem que haja necessidade pelo produto naquele momento, significa perder uma oportunidade de usar aquele dinheiro para uma compra que se fará necessária, no futuro;
  2. Não tenha vergonhas ao negociar descontos. Todas as lojas possuem uma margem de negociação e ninguém sairá no prejuízo, principalmente se você for pagar à vista;
  3. Você já deve ter passado pela situação de algum lojista afirmar que não pode fazer o mesmo preço encontrado na internet. Entretanto, faça essa pesquisa antes de ir à loja. No mínimo, vai te ajudar na negociação;
  4. Recorra às compras parceladas apenas em último caso e se as parcelas se adequarem ao seu planejamento financeiro. Aqui no Blog da ABAC, listamos alguns aplicativos que podem te ajudar a se organizar financeiramente.
  5. Tente sempre fazer compras à vista. Nesse sentido, o consórcio pode ser um facilitador. Quando você é contemplado por sorteio ou lance, a carta de crédito te dá o poder de barganha e de negociação para obter melhores preços. Além disso, ao fazer um consórcio, você se planeja de acordo com as parcelas que cabem no seu bolso, funcionando como uma poupança programada.

Agora que você conhece essas 5 lições, faça uma autorreflexão. Como você tem gastado nos últimos anos? Você tem o perfil do comprador por impulso? Para cultivar novos hábitos que ajudem suas finanças pessoais, acompanhe nossos posts sobre Educação Financeira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

4 comentários sobre “Finanças pessoais: aprenda a gastar melhor”

  1. Excelentes dicas! Nós brasileiros necessitamos muito de educação financeiro.

  2. Deides disse:

    Parabéns SILVIA GUIDO! Ótimas dicas! Agora é só colocar em prática né?

  3. Sônia Borges disse:

    Ela que cuida do meu. Excelente consultora

  4. Samantha disse:

    Parabéns Bi! Vou levar para o meu dia dia as dicas. Bora por em prática . Sucesso e parabéns por mais essa etapa que está concluindo.