Publicado em 27/09/2018 as 22:55H
Drops de Mercado

Consórcio no Brasil: Estados que mais venderam cotas

O Blog da ABAC traz a série Consórcio no Brasil, que irá mostrar o desempenho do Sistema de Consórcios nos diversos Estados brasileiros. No primeiro post, veja os que mais se destacaram nas vendas gerais e também em cada segmento.

No 1º semestre de 2018, a procura pelo consórcio subiu mais de 10% no Brasil, em relação ao 1º semestre de 2017. No período, o Sistema de Consórcios contabilizou 1,22 milhão de adesões – leia o Drops de Mercado de Junho/2018.

O Estado de São Paulo é o que mais se destaca nas vendas de consórcio no Brasil. A comercialização no Estado atingiu 265.764 cotas de janeiro a junho de 2018. Em relação ao mesmo período do ano passado, a alta chegou a 8,7%. Além disso, São Paulo lidera o ranking de vendas entre os Estados em todos os seis segmentos que compõem o Sistema de Consórcios: veículos leves, motocicletas, veículos pesados, imóveis, eletroeletrônicos e serviços.

Em números absolutos, o 2º lugar é ocupado por Minas Gerais, com a comercialização de 104.684 cotas. O resultado das vendas mineiras no 1º semestre de 2018 é 7,6% superior ao obtido um ano antes. Na sequência, vem a Bahia, com a venda de 89.949 cotas, expansão de 17,6% sob igual período de 2017.

Vendas do consórcio no Brasil crescem em 25 Estados

A comercialização do consórcio no Brasil cresceu em 25 das 27 unidades federativas. Apenas Pará e Roraima registraram quedas, de 5,8% e 9,1%, respectivamente. Percentualmente, os melhores desempenhos foram alcançados no Amazonas, com 21.595 cotas vendidas e alta de 25,3%, Distrito Federal, com 16.589 cotas vendidas e crescimento de 24,3%, e Mato Grosso do Sul, onde as vendas aumentaram 22,7% e chegaram a 20.218 cotas.

Considerando as regiões, o Sudeste é o grande destaque em termos absolutos. Nessa região, foram vendidas 459.224 cotas – 37,7% do total. Em segundo lugar está o Nordeste, com a venda de 321.870 cotas – 26,5% do total. Na região Sul, foram 186.366, representando 15,4% das vendas. Depois vem o Centro-Oeste, com 125.003 cotas vendidas, cerca de 10,3% do total e, encerrando a relação, a região Norte, com 123.577, representando 10,1%.

Destaques estaduais por segmento

Conheça os Estados que mais se destacaram nas vendas de consórcio por segmento. Os dados informados se referem ao 1º semestre de 2018, sendo comparados com o desempenho obtido no mesmo período de 2017.

Consórcio de Imóveis:

São Paulo é o que mais concentra vendas desse segmento, com 42.441 cotas vendidas. Entretanto, o resultado representou uma queda de 7,7%. As maiores comercializações foram obtidas no Paraná, com 14.370 cotas (+20,7%), e Rio Grande do Sul, com 13.438 cotas (+14,1%). Em termos percentuais, a comercialização cresceu mais em Alagoas (+63,8%), Piauí (+60,6%) e Maranhão (+51,4%). As vendas tiveram alta em 24 unidades federativas e, além de São Paulo, ocorreram quedas apenas em Rondônia (-18%) e Goiás (-6,3%).

Consórcio de Veículos Pesados:

Na primeira colocação, o Estado de São Paulo comercializou 7.608 cotas do segmento, expansão de 38,1%. No Paraná, as vendas cresceram 9,6%, com a comercialização de 3.267 cotas. Em terceiro lugar vem o Rio Grande do Sul, com 2.691 cotas vendidas – aumento de 12,1%. Percentualmente, as vendas cresceram em 24 Estados, exceto: Amapá (-22,5%), Alagoas (-16,7%) e Paraíba (-1,2%). Nessa análise, os maiores crescimentos se deram no Amazonas (+168,4%), Distrito Federal (+155,5%) e Rio de Janeiro (+144,6%).

Consórcio de Veículos Leves:

Em São Paulo, onde foram vendidas 151.107 cotas desse segmento, a alta foi de 3,5%. O segundo Estado que mais concentrou vendas foi Minas Gerais, contabilizando 55.540 cotas, crescimento de 3,3%. Já na Bahia, com 40.401 cotas vendidas, a expansão foi de 11,1%. Na comparação percentual, os maiores crescimentos nas vendas foram registrados no Amazonas (+27,6%), Acre (+22,9%) e Rondônia (+22,1%). Das 27 unidades federativas, apenas Roraima, Sergipe e Amapá não registraram crescimento. As baixas foram de 2,1%, 2,5% e 12,6%, respectivamente.

Consórcio de Motocicletas:

Com aumento de 30,4% nas vendas, São Paulo também lidera a comercialização de cotas para aquisição de motocicletas. No total, foram 55.498 cotas vendidas. A Bahia, em segundo lugar, registrou alta de 22% e comercializou 42.626 cotas. Já no Pará, terceiro lugar no segmento de duas rodas, houve queda de 11,1% nas vendas, fechando em 37.743 cotas. Além desse Estado, apenas Maranhão e Roraima tiveram desempenho negativo, de 1,5% e 13,4%, respectivamente. Em termos percentuais, o Distrito Federal (+53,5%) ocupou a liderança, seguido de Santa Catarina (+44,9%) e Rio de Janeiro (+39,6%).

Consórcio de Eletroeletrônicos:

Em recuperação, este segmento alcançou alta de 1.834,1% no Amapá, que liderou a análise em termos percentuais. O Estado é seguido por Rio de Janeiro e Piauí, onde a comercialização cresceu 382,9% e 262,1%, nessa ordem. As vendas tiveram desempenho negativo em Pernambuco (-2,5%), Rio Grande do Norte (-4,2%), Paraíba (-9,9%), Santa Catarina (-17,6%), Paraná (-25,1%) e Roraima (-45,4%). Em números absolutos, os Estados que mais venderam consórcio de eletroeletrônicos e outros bens móveis duráveis foram São Paulo, com 3.948 cotas vendidas e alta de 79,9%, Rio Grande do Sul, com 2.280 cotas e aumento de 9,5%, e Rio de Janeiro, onde ocorreu alta de 382,9% e foram vendidas 947 cotas.

Consórcio de Serviços:

Neste segmento, São Paulo também lidera, com 5.137 cotas vendidas, seguido de perto pelo Paraná, onde foram comercializadas 4.796 cotas. Esses volumes representam altas de 138,3% e 146%, respectivamente. Na terceira colocação está Minas Gerais, com 1.948 cotas vendidas, aumento de 47,4%. Percentualmente, destaque para Amapá (+894,6%), Piauí (+428,1%) e Acre (+354,2%). Apenas Rio Grande do Norte (-3,1%) e Sergipe (-4,9%) não tiveram resultados positivos de comercialização nesse segmento.

Os dados estaduais são divulgados pela ABAC a cada trimestre. Para conhecer dados mais atualizados sobre a comercialização de consórcio no Brasil, leia o Drops de Mercado – Julho/2018.

Nos próximos posts, você vai conhecer os Estados que mais se destacaram em número de contemplações e participantes ativos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

2 comentários sobre “Consórcio no Brasil: Estados que mais venderam cotas”

  1. Douglas disse:

    Gostaria de informações de belo horizonte

    1. ABAC disse:

      Olá, Douglas.

      Não temos dados por cidade, apenas por estados e regiões.

      Abraços!