fbpx
Publicado em 18/03/2019 as 15:33H
Drops de Mercado

Consórcio de Motocicletas retoma crescimento em 2018

Retomada é a palavra que resume o ano de 2018 para o consórcio de motocicletas e motonetas. Depois de três anos consecutivos registrando queda nas vendas de novas cotas, o segmento voltou a crescer.

Em todo o ano, foram comercializadas 1,01 milhão de cotas, expansão de 18,9% ante o resultado atingido em 2017, quando foram contabilizadas 854,6 mil adesões. O desempenho do segmento de motocicletas em 2018 confirmou a tendência de alta observada já no final de 2017. No 4º trimestre daquele ano, houve aumento de 2,5% nas adesões em relação ao mesmo período de 2016 – comercialização de 214,5 mil cotas, ante 209,25 mil.

Além disso, as adesões ao consórcio de motocicletas alcançaram seu maior volume anual desde 2015, quando somaram 1,06 milhão de cotas vendidas. Ao longo do ano, apenas em janeiro o quantitativo de vendas mensais (70 mil) ficou abaixo do alcançado no mesmo mês de 2017 (73 mil). O pico nas vendas ocorreu no mês de novembro, ocasião em que foram vendidas 96 mil cotas – melhor resultado mensal desde dezembro de 2014, quando ocorreram 120 mil adesões.

Faturamento do segmento é o maior desde 2015

Em 2017, o valor médio da cota do consórcio de motocicletas teve valorização de 7,7% em relação a 2016, passando de R$ 7,8 mil para R$ 8,4 mil. Já em 2018, o tíquete médio ficou estável e se manteve em R$ 8,4 mil. Porém, com o crescimento das adesões, consequentemente o valor de negócios gerados também aumentou.

Os créditos comercializados pelo segmento de motocicletas acumularam R$ 8,5 bilhões ao longo de 2018. O montante supera em 19,8% o registrado um ano antes, quando o volume de negócios ficou em R$ 7,1 bilhões. Além disso, foi o melhor resultado do Sistema de Consórcios desde 2015, ano em que o faturamento do segmento atingiu R$ 10,5 bilhões.

Em todo o ano de 2018, o Sistema de Consórcios contemplou 494 mil pessoas no segmento de motocicletas. No ano anterior, foram 539,5 mil, o que representa queda de 8,4%. Já o total de créditos disponibilizados para os consorciados adquirirem seus bens atingiu R$ 4,65 bilhões – queda de 19,4% em comparação com os R$ 5,77 bilhões disponibilizados em 2017.

Preferência por motos novas

Ao utilizar os créditos para comprar suas motocicletas, a preferência do consorciado é pelas zero quilômetro. Dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) e da B3, compilados pela assessoria econômica da ABAC, mostram que das 273,26 mil motocicletas adquiridas em 2018 com consórcio, 89,4% (ou seja, 244,33 mil), foram motos novas. A compra de motos usadas respondeu por apenas, 10,5% do total, o que representa 28,87 mil unidades.

No fechamento do ano, haviam 2,18 milhões de participantes ativos no segmento de motocicletas. Na comparação com os 2,2 milhões de dezembro de 2017, houve estabilidade. Ainda assim, o segmento segue como o segundo mais importante dentro do Sistema de Consórcios em total de participantes, respondendo por 30,5% dos mais de 7,1 milhões de consorciados ativos totais.

Nordeste lidera indicadores

Diferente do que ocorre nos demais segmentos do Sistema de Consórcios, a região Nordeste foi o grande destaque do consórcio de motocicletas. Com 406.587 adesões, a região respondeu por 40% das vendas de cotas em todo o País. O mesmo percentual foi registrado entre as contemplações, alcançando 197.646 consorciados. A região responde ainda por 37,7% do total de consorciados ativos no País, com 821.925 participantes. Em segundo lugar, com 543.454 consorciados ativos, apareceu o Sudeste, respondendo por 24,9% do total.

 

 

Consórcio de motocicletas nos estados

Até 2016, o Pará liderou o ranking estadual de vendas de consórcio de motocicletas. Naquela ocasião, foram contabilizadas 96.267 adesões. Porém, já no ano seguinte, São Paulo assumiu a liderança nas vendas e, em 2018, se isolou nessa colocação ao registrar crescimento de 35,6%, com a comercialização de 118.497. O estado lidera ainda em número de participantes ativos, com 280.976 consorciados alta de 19,5% (a maior registrada entre os estados), e em contemplações, com 53.193 contemplados.

Em breve, você poderá conferir o desempenho completo de cada segmento no Anuário 2019 do Sistema de Consórcios.

Leia também:

Consórcio de veículos leves tem melhor ano de sua história

Vendas do consórcio de eletroeletrônicos crescem pelo 3º ano consecutivo

Participantes do consórcio de imóveis crescem 6,4%

Alta em todos os indicadores do consórcio de serviços em 2018

Sistema de Consórcios bate recorde histórico de adesões em 2018

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*