Publicado em 23/04/2018 as 9:00H
Drops de Mercado

Consórcio de imóveis pelo Brasil em 2017

O consórcio de imóveis teve um 2017 bastante favorável. As vendas cresceram 26,4%, além do segmento ter registrado altas em todos os seus demais indicadores. A procura pela modalidade para a compra de imóveis foi maior em quase todos os estados, na comparação com 2016. Confira.

Com exceção do Amapá, Bahia e Roraima, todos os demais estados da federação registraram aumento na venda de consórcio de imóveis em relação ao ano anterior. São Paulo somou 111.564 adesões (+ 21,3%), concentrando quase 40% do total desse segmento. Com 29.602 comercializações (+ 19,3%), na sequência veio o Paraná, seguido do Rio Grande do Sul, que vendeu 27.850 cotas em 2017. Outros destaques foram Rondônia, que quase dobrou as adesões ao passar de 603 para 1.194 vendas (+98%) e o Espírito Santo, que subiu de 2.593 para 4.660 (+79,7%).

O ranking de participantes ativos acompanhou o de vendas. Em dezembro de 2017, havia
em São Paulo 333.572 consorciados, 3,8% a mais que no ano anterior. Já no Paraná, havia 108.762 e a alta foi de 5,7%. Os 96.130 participantes ativos consolidados no Rio Grande do Sul, em dezembro, representaram um aumento de 14,2%. A maior alta em relação a 2016 ocorreu em Rondônia (+20,1%), seguido por Santa Catarina (+18,6%). Já a maior queda aconteceu em Pernambuco (-12,7%).

Em 2017, São Paulo contemplou 3,6% a mais consorciados, dando a 31.195 pessoas a oportunidade de adquirir o imóvel desejado. O Paraná, que realizou 9.400 contemplações, também apresentou alta de 3,4%. O Rio Grande do Sul fechou o ano com 7.490 contemplações, crescimento de 2,9%. Outro estado onde a contemplação foi significativa foi Minas Gerais, com 5144 contemplados, e alta de 8,2%.

Sudeste é líder

A região que mais registrou adesões foi a Sudeste (160,4 mil). É lá que também estão 436,2 mil consorciados, 52,4% do total do consórcio de imóveis, bem como 40.172 contemplados, 55,1% de todos os que tiveram a oportunidade de adquirir o bem em 2017. Confira o desempenho deste segmento pelos estados brasileiros.

Para saber mais sobre o desempenho do Sistema de Consórcios em 2017, baixe gratuitamente nosso anuário clicando aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*