Publicado em 3/01/2017 as 10:30H
Educação Financeira

Planejamento financeiro: sonhar e realizar, é só começar

 O ano de 2016 está chegando ao fim e você já começou a pensar nas suas resoluções de ano novo? “Tudo o que um sonho precisa para ser realizado é alguém que acredite que ele possa ser realizado”. Seguindo esse pensamento de Roberto Shinyashiki, que tal começar agora mesmo a utilizar o planejamento financeiro para tirar seus sonhos do papel?

Se você não tem o hábito de planejar a realização de seus sonhos, a chegada de um novo ano é o momento ideal para começar a adotar essa atitude. Seja uma viagem internacional, uma especialização no exterior, a aquisição de uma casa própria ou de um carro completo, todos os sonhos de consumo podem ser viabilizados com um pouco de educação financeira – que, segundo definição do Banco Central, consiste em um “processo mediante o qual os indivíduos e as sociedades melhoram sua compreensão dos conceitos e produtos financeiros”.

Nesse sentido, os brasileiros ainda têm muito a avançar. De acordo com o ranking global S&P Ratings Services Global Financial Literacy Survey, o Brasil está em 74º lugar no nível de educação financeira no mundo. Segundo o levantamento, 3,4 bilhões de pessoas em todo o planeta possuem baixo nível de educação financeira, sendo que apenas um terço da população consegue dominar três dos quatro conceitos financeiros básicos apontados pelo estudo: aritmética, diversificação de risco, inflação e juros compostos.

Entre os diversos benefícios que podem ser obtidos com a educação financeira, estão o equilíbrio das finanças, a capacidade de enfrentar imprevistos, se preparar para a aposentadoria, ficar menos suscetível a cair em fraudes e ainda se preparar para a realização de seus sonhos. Nesse caso, muitas pessoas não sabem como concretizar os sonhos porque falham ao assumir uma posição ativa de transformar os sonhos em projetos – leia o post Como transformar sonhos em projetos.

Aproveite este período do ano para repassar quais das metas estipuladas para 2016 foram cumpridas. Em seguida, estabeleça um novo planejamento, com objetivos claros, visando o ano de 2017 e também os próximos, fazendo uma reflexão para entender o que o impediu de alcançá-los. Aproveite a experiência adquirida para aumentar sua assertividade. Estabelecendo metas de longo prazo, é possível utilizar o planejamento financeiro para garantir seu futuro econômico e também a aquisição de bens de consumo. Para se organizar financeiramente, vale utilizar planilhas (veja esse modelo disponibilizado gratuitamente pela ABAC) ou recorrer a aplicativos.

Consórcio é aliado do planejamento financeiro

“Um sonho sonhado sozinho é um sonho. Um sonho sonhado junto é realidade”. A visão de Yoko Ono tem tudo a ver com o consórcio, grande aliado do planejamento financeiro porque te permite poupar através de uma forma diferente: em grupo.

Mensalmente, em prazos pré-determinados, os integrantes do grupo de consórcio contribuem para a formação de uma poupança comum. São estes recursos, acumulados de forma coletiva, que possibilitam a realização do sonho de consumo mediante contemplação – que se dá de duas formas diferentes, sorteio ou lance – Conheça os diferentes tipos de lance.

Ao decidir entrar em um grupo de consórcio, lembre-se de verificar junto ao Banco Central se a administradora está autorizada a prestar o serviço. Escolha um plano cujos prazos e valores caibam no seu bolso, mantenha seus pagamentos em dia e, ao ser contemplado, desfrute do seu crédito para adquirir o bem ou serviço desejado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*