Publicado em 1/09/2017 as 11:16H
Educação Financeira

Elimine o desperdício e pare de jogar dinheiro fora

Você teria coragem de pegar uma nota de R$ 10 e simplesmente rasgá-la? Mesmo que sua resposta seja não, existem hábitos que possuem o mesmo efeito prático. Conheça algumas formas de desperdício que podem ser riscados de sua vida.

Quem rasga dinheiro é considerado louco pela sabedoria popular. Para o Código Penal, é crime punível com até três anos de detenção. Ainda que você não tenha coragem de fazer isso, existem diversas formas indiretas de rasgar o dinheiro. A principal delas é o desperdício.

Toda vez que você compra algo que não lhe oferece retorno, está desperdiçando dinheiro e recursos naturais. Você desperdiça quando: compra um alimento e deixa estragar, é multado no trânsito, paga contas em atraso, se matricula em uma academia e não frequenta, compra algo só porque estava em promoção. Eliminar o desperdício é uma forma de parar de jogar dinheiro fora. É, ainda, um caminho para melhorar sua saúde financeira e manter seu orçamento organizado.

Onde identificar o desperdício:

  • Água – deixar a torneira da pia aberta, enquanto escova os dentes; demorar muito tempo no banho; lavar a louça com a torneira aberta; vazamentos em casa;
  • Luz – cômodos com luz acesa sem ninguém presente; TV ligada sem pessoas assistindo; abrir a geladeira sem saber o que pretende encontrar, deixando-a aberta mais tempo que o necessário;
  • Gás – deixar a boca do fogão acesa, sem nenhuma panela sobre ela;
  • Alimentação – ir ao mercado com fome e comprar mais coisas do que precisa; comprar em excesso e acabar jogando alimentos fora; comprar por impulso; ir em um restaurante self service e deixar sobras de comida no prato;
  • Compras – adquirir produtos que não utiliza;
  • Contas – pagar contas com atraso, perdendo descontos de pontualidade; pagar contas com multas e juros; pagar a parcela mínima do cartão; receber multas de trânsito.

Agora que você conhece algumas formas de desperdício, busque alterar seu comportamento para eliminá-lo. Os benefícios financeiros serão imediatos e você se surpreenderá com o resultado. Conta para gente: você conhece outros hábitos que geram desperdício? Comente! Aqui no Blog da ABAC, você confere ainda outras dicas de educação financeira.

Esse texto foi escrito com informações do projeto “Cidadania Financeira”, do Banco Central (BC).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*