educação-financeira-para-crianças
Publicado em 11/03/2015 as 17:10H
Educação Financeira

Como ensinar educação financeira às crianças

Um dos dilemas com o qual os pais sempre se deparam é sobre quando começar a tratar de dinheiro com as crianças. Se isso for feito da forma correta, pode fazer toda a diferença no futuro deles. Especialistas defendem que essa educação financeira deve ser abordada desde cedo, tanto em casa como na escola.

A criança deve participar das discussões sobre o orçamento familiar e sobre a administração da mesada para que eles aprendam logo a lidar com os recursos que possuem e com a frustração de gastar tudo e ter que esperar para receber mais.

É importante deixar que eles cometam erros para, então, conversar sobre o problema. Dessa forma, as crianças aprendem bem mais rápido e por conta própria, afinal, eles não vão virar especialistas financeiros da noite para o dia. Nem em um mês. Nem em um ano. Isso deve ser feito durante toda a fase de crescimento.

Outra dúvida que os pais têm é sobre quanto dar de mesada aos pequenos. Isso tem que ser definido de acordo com as condições financeiras de cada família. Os pais devem orientar os filhos na hora de gastarem o dinheiro, sempre aconselhando que eles economizem uma parte, mas não podem interferir em como eles irão gastar o restante.

E você, como trata a educação financeira em casa?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Um comentário sobre “Como ensinar educação financeira às crianças”

  1. Educação financeira deve ser ensinado desde o inicio, acredito que a mesada ajuda neste processo, desde que explique a importância de economizar e planejar os gastos. Além disso é importante inserir no ensino básico uma disciplina voltada a educação financeira.