fbpx
sistema-de-consorcios-dados-economicos
Publicado em 13/01/2016 as 15:05H
Drops de Mercado

Sistema de Consórcios em novembro/2015: dados econômicos

O consumidor vem assumindo cada vez mais compromissos financeiros coerentes com o momento de dificuldades econômicas, notado principalmente em 2015, ao levar em conta orçamento e ao optar, em várias oportunidades, pela aquisição de bens ou pela contratação de serviços via Sistema de Consórcios.

Dados econômicos acumulados de janeiro a novembro do ano passado apontam que o Sistema de Consórcios alcançou 2,15 milhões de novas cotas, 1,9% mais que os 2,11 milhões atingidos no mesmo período de 2014. Os três setores do mecanismo com mais créditos comercializados são imóveis, veículos pesados e veículos leves, com altas de 43,1%, 11,4% e 8,8% e respectivamente, em relação ao mesmo período de 2014.

No balanço dos onze primeiros meses de 2015, o Sistema de Consórcios somou R$ 79,74 bilhões em créditos comercializados, 13,5% mais que os R$ 70,24 bilhões registrados no mesmo período de 2014. Confira, a seguir, um resumo do desempenho de cada setor, com base em estimativas da Assessoria Econômica da ABAC.

Consórcios de veículos leves: nos onze primeiros meses de 2015, o setor registrou crescimento de 6,8% no total de participantes ativos consolidados. Os demais indicadores também tiveram alta, com exceção do tíquete médio, que mostrou pequena retração. Os destaques foram o aumento de 12,5% nas contemplações e a elevação de 9,3% nas vendas de novas cotas, com 8,8% de crescimento no total de créditos comercializados. Ao registrar potencial participação em 19,7% nas vendas do mercado interno, o setor disponibilizou créditos equivalentes a R$ 19,36 bilhões para os diversos elos da cadeia produtiva do setor automobilístico.

Consórcios de imóveis: entre janeiro e novembro de 2015, houve uma alta de 41,5% no acumulado de vendas de novas cotas e de 43,1% no volume de créditos comercializados. Com isso, o setor atingiu a marca de 802 mil participantes ativos consolidados em novembro último, 3,4% acima do registrado naquele mês em 2014. Paralelamente, o indicador de contemplações também cresceu 6,3%. O tíquete médio e o volume de créditos disponibilizados tiveram retração de 2,7% e 2%, respectivamente.

Consórcios de motocicletas e motonetas: o setor das duas rodas, segundo maior em número de participantes ativos consolidados do Sistema de Consórcios, concluiu os onze primeiros meses de 2015 registrando retração em vários indicadores. Porém, a estabilidade apresentada no acumulado de contemplações de janeiro a novembro, em relação a 2014, apontou 62,7% de potencial participação da modalidade nas vendas do mercado interno. Esse volume correspondeu ainda a R$ 7,49 bilhões em créditos disponibilizados ao consumo, quase 10% acima do que em 2014. Já o número de participantes ativos consolidados, as novas adesões e o tíquete médio do mês apresentaram baixa de 6%, 10% e 28%, respectivamente.

Consórcios de veículos pesados: as vendas de novas cotas apontaram alta de quase 10%, em especial de caminhões e de implementos rodoviários, nos onze primeiros meses de 2015 em relação a 2014. Os acumulados de participantes ativos e de créditos comercializados cresceram 4,7% e 11,4%, respectivamente. Houve retração de 6,4% em contemplações e de 4,7% em créditos disponibilizados. O tíquete médio apresentou retração de 2,2%.

Consórcios de eletroeletrônicos e outros bens duráveis: na atual crise econômica, que provocou retração em praticamente todos os segmentos da economia nacional, o consórcio de eletroeletrônicos e outros bens móveis foi atingido e registrou seguidas reduções em seus diversos indicadores: – 15% nos acumulados de vendas de novas cotas, – 23,7% em contemplações, – 26,7% em participantes ativos consolidados, – 13,1% em créditos comercializados, – 2,1% em tíquete médio e – 15,8% em créditos disponibilizados.

Consórcios de serviços: nos onze primeiros meses de 2015, o consórcio de serviços registrou altos índices de crescimento: participantes ativos consolidados (31%), contemplações (26,3%), créditos disponibilizados (22%), vendas de novas cotas (10,5%) e créditos comercializados (6,2%). Houve retração no tíquete médio (- 6,9%).

 

Sistema de Consórcios em geral

Veja os números gerais do Sistema de Consórcios entre os meses de janeiro e novembro de 2015, em relação ao mesmo período de 2014:

Participantes ativos consolidados (consorciados em grupos em andamento)

– 7,13 milhões (novembro/2015)

– Crescimento: 1%

Vendas de novas cotas (novos consorciados)

– 2,15 milhão (janeiro-novembro/2015)

– Crescimento: 1,9%

Volume de créditos comercializados

– R$ 79,74 bilhões (janeiro-novembro/2015)

– Crescimento: 13,5%

Tíquete médio geral (valor médio da cota no mês)

– R$ 36,2 mil (novembro/2015)

Crescimento: 4,3%

Contemplações (consorciados que tiveram a oportunidade de comprar bens)

– 1,28 milhão (janeiro-novembro/2015)

– Crescimento: 3,2%

Volume de créditos disponibilizados

– R$ 36,86 bilhões (janeiro-novembro/2015)

– Crescimento: 7,3%

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*