sistema_de_consórcios
Publicado em 31/03/2017 as 11:00H
Drops de Mercado

Sistema de Consórcios em janeiro/2017: dados econômicos 

O primeiro mês do ano trouxe boas notícias para o Sistema de Consórcios. A principal é o aumento de 14,1% em seus negócios, em relação a janeiro de 2016, com a comercialização de R$ 6,47 bilhões em créditos.

O crescimento nos créditos comercializados tem a ver com a alta nas vendas de novas cotas, que subiram 4,4%, saltando de 168,6 mil em janeiro de 2016 para 176 mil, em janeiro de 2017. Vale ressaltar que as vendas de novas cotas subiram em quatro dos seis segmentos do Sistema de Consórcios, anotando altas de até 47,1%.

Confira abaixo o desempenho do Sistema de Consórcios, por segmento, em janeiro de 2017, comparado ao mesmo mês de 2016.

Consórcio de veículos leves: todos os indicadores do segmento de veículos leves registraram alta em relação a janeiro de 2016. As 80,4 mil novas cotas vendidas (alta de 8,6%) foram responsáveis pela comercialização de R$ 3,23 bilhões em créditos (crescimento de 8%), resultando em um tíquete médio de R$ 40,4 mil. As contemplações aumentaram 5,6%, com 47,5 mil consorciados recebendo a oportunidade de comprar bens, mediante disponibilização de R$ 1,94 bilhão, montante 6,6% superior ao registrado em janeiro de 2016. O número de participantes ativos aumentou 5,6%, fechando em 3,4 milhões de consorciados.

Consórcio de motocicletas: o volume de créditos comercializados no segmento de imóveis cresceu 2% em janeiro de 2017, na comparação com o mesmo mês de 2016, fechando em R$ 582,05 milhões. No mesmo período, as vendas de novas cotas (73 mil) caíram 2,7%, as contemplações (46 mil) baixaram 27% e o volume de créditos disponibilizados (R$ 492,04 milhões) foi 26,6% menor. No primeiro mês do ano, em relação a janeiro de 2016, o número de participantes ativos (2,42 milhões) caiu 13,6% e o tíquete médio teve alta, de 5,3%, ficando em R$ 8 mil.

Consórcio de veículos pesados: foram vendidas em janeiro 3,2 mil novas cotas no segmento de veículos pesados, alta de 23,1% em relação ao registrado um ano antes. Já o volume de créditos comercializados (R$ 445,37 milhões), cresceu 18,2% no período, que foi marcado ainda por estabilidade no número de participantes ativos (281,5 mil). Já as contemplações (2,7 mil), o volume de créditos disponibilizados (R$ 374,3 milhões) e o tíquete médio (R$ 141,4 mil) representaram quedas de 8,6%, 7,9% e 4,5%, respectivamente.

Consórcio de imóveis: apesar do número de participantes ativos ter registrado pequena retração em janeiro (1,4%), fechando em 797 mil, esse segmento alcançou alta em todos os demais indicadores. O volume de créditos comercializados em janeiro (R$ 2,20 bilhões) é 28% maior que janeiro de 2016. Na mesma base de comparação, a venda de novas cotas (17,2 mil) cresceu 14,7%, as contemplações (6,4 mil) foram 1,6% maiores e o volume de créditos disponibilizados no mês fechou em R$ 614,43 milhões, alta de 2,5%. Em janeiro de 2017, o tíquete médio do segmento de imóveis ficou em R$ 127,9 mil, valor 11,7% maior que o registrado um ano antes.

Consórcio de eletroeletrônicos: no primeiro mês do ano, o tíquete médio desse segmento cresceu 4,4% em relação a janeiro de 2016, ficando em R$ 4,7 mil. Em janeiro de 2017, o número de participantes ativos (27,3 mil) caiu 4,2%, enquanto as vendas de novas cotas (1,05 mil) baixaram 12,5% e o volume de créditos comercializados (R$ 4,94 milhões) foi 8,3% menor que o alcançado em janeiro do ano passado. No mesmo período, as contemplações (650) baixaram 7,1% e os R$ 3,48 milhões disponibilizados em créditos caíram 7%.

Consórcio de serviços: no começo de 2017, esse segmento registrou expansão em todos os seus indicadores. O maior crescimento se deu no volume de créditos disponibilizados, que atingiu R$ 5,57 milhões em janeiro, alta de 66,8% em relação ao mesmo mês de 2016. Na mesma base de comparação, foram registradas 1000 contemplações, o que representa alta de 66,7%, vendidas 1250 cotas, crescimento de 47,1%, e comercializados R$ 8,5 milhões em créditos, aumento de 58,3%. Os participantes ativos no mês fecharam em 37,3 mil, crescimento de 14,8%, e o tíquete médio foi de R$ 6,8 mil, valor 7,9% maior que o registrado há um ano.

Sistema de Consórcios em geral  

Confira o balanço do Sistema de Consórcios de janeiro de 2017, em comparação com o mesmo mês de 2016:

Participantes ativos consolidados (consorciados em grupos em andamento)

– 6,96 milhões (janeiro/2017)

– Retração: 2,8%

Vendas de novas cotas (novos consorciados) 

– 176 mil (janeiro/2017)

– Crescimento: 4,4%

 Volume de créditos comercializados 

– R$ 6,47 bilhões (janeiro/2017)

– Crescimento: 14,1%

Tíquete médio geral (valor médio da cota no mês) 

– R$ 36,8 mil mil (janeiro/2017)

– Crescimento: 9,5%

Contemplações (consorciados que tiveram a oportunidade de comprar bens) 

– 104,2 mil (janeiro/2017)

– Retração: 12,1%

Volume de créditos disponibilizados 

– R$ 3,45 bilhões (janeiro/2017)

– Retração: 2,3%

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *