Sistema de consórcios em novembro/2022: dados econômicos

23 . dez . 2022

O Sistema de Consórcios manteve o ritmo de vendas observado mês após mês, de janeiro a novembro. O setor acumulou 3,63 milhões de adesões neste período. O tíquete médio de novembro retraiu-se em 11,1%, fator resultante do crescimento de novos participantes com créditos menores, especialmente em imóveis e veículos pesados, propiciando aumento no total de negócios realizados. 

Enquanto os créditos comercializados atingiram R$ 233,73 bilhões, as contemplações injetaram potenciais R$ 62,45 bilhões nas vendas dos mercados internos de consumo.

Veja no quadro abaixo o resumo do desempenho do Sistema de Consórcios, de janeiro a novembro de 2022. Os dados foram levantados pela assessoria econômica da ABAC e estão em comparação com igual período de 2021.

Caso tenha alguma dificuldade no entendimento destes indicadores, recomentados a leitura do post Entenda os números do Sistema de Consórcios.

Resultados do Sistema de Consórcios por segmento:

Consórcio de Veículos Leves

Com o crescimento de 3,8% nas vendas de novas cotas, observou-se aumento 12,1% no total de negócios. Cresceu também o valor médio da cota vendida, com alta de 6,8% no tíquete médio. Por consequência, tivemos avanço de 3,7% no volume de participantes ativos. Com esses resultados, o consórcio de veículos leves, que engloba automóveis, utilitários e camionetas, seguiu ampliando sua presença no Sistema de Consórcios.

Consórcio de Motocicletas

Os indicadores do consórcio de motocicletas seguiram apresentando resultados positivos. Entre os destaques, ficaram os créditos comercializados, com 25,9% de alta em relação a 2021, e os créditos concedidos que atingiram 25,9% de aumento. Os demais indicadores sinalizaram bons desempenhos. Importante mencionar os participantes ativos, vendas de cotas, tíquete médio e contemplações, no período de janeiro a novembro.

Consórcio de Veículos Pesados

Nos consórcios de veículos pesados, que abrangem caminhões, tratores, implementos rodoviários e agrícolas, foi registrado elevado percentual de crescimento das vendas de novas cotas: 73%. A crescente participação no setor de transporte rodoviário de cargas e de passageiros, bem como no da agricultura e da pecuária, propiciou aumento nas contemplações, mesmo com a retração nos créditos concedidos.

Consórcio de Imóveis

O consórcio de imóveis registrou expressivo percentual de crescimento de vendas de novas cotas: 32,8%.O grande aumento nas adesões ocasionou um tíquete médio menor, em razão da procura por imóveis de menor valor. Consequentemente, houve retração de 30,2%. As 87,13 mil contemplações, registradas nos onze meses do ano, resultaram em uma possível injeção financeira acima de R$ 14,52 bilhões.

Consórcio de Eletroeletrônicos

De janeiro a novembro, os consórcios de eletroeletrônicos registraram crescimentos significativos em acumulados de adesões e de contemplações, bem como no total de consorciados ativos. Todos esses indicadores ficaram próximos a 50%. Apesar do tíquete médio ter apontado retração de 61,5%, não houve influência no total de negócios realizados. Em contrapartida, isso confirmou o interesse de mais participantes com créditos menores.

Consórcio de Serviços

O consórcio de serviços ultrapassou a marca de 226 mil participantes em onze meses do ano. Assim, aumentou em 12,7% o registrado em novembro de 2021, quando eram 200,61 mil. De janeiro a novembro, os créditos concedidos aumentaram 4,5% em relação ao mesmo período do ano passado. Foram de R$ 516,21 milhões para R$ 539,27 milhões.

Categoria(s):

Drops de Mercado

Tag(s):

, , , , , , ,

Deixe seu comentário

Receba novidades





    ENVIE SUGESTÕES
    DE POSTAGENS