Publicado em 19/06/2017 as 15:23H
Drops de Mercado

Sistema de Consórcios em abril/2017: dados econômicos

Com crescimento de 6,9% na venda de novas cotas, o 1º quadrimestre de 2017 consolidou a recuperação do Sistema de Consórcios. Com 195 mil adesões em abril, foram comercializados 727,5 mil novos contratos nos 4 primeiros meses do ano, ante 680,6 mil no mesmo período do ano passado.

Dos seis segmentos que compõem o Sistema de Consórcios, houve expansão na venda de novas cotas em cinco deles: serviços (126,3%), eletroeletrônicos (31,6%), veículos pesados (20,1%), imóveis (19,2%) e veículos leves (16,2%). Apenas o setor de motocicletas teve percentual negativo, com queda de 7,4%.

Nos quatro primeiros meses de 2017, os negócios contratados apontaram alta de 25%, atingindo R$ 28,78 bilhões. Em abril, o tíquete médio de R$ 42,7 mil foi o recorde do ano, superando em 21% registrado em abril de 2016.

Confira abaixo o desempenho do Sistema de Consórcios por segmento no primeiro quadrimestre deste ano, em comparação com o do ano passado.

Consórcio de veículos leves: em abril deste ano, esse segmento fechou com 3,42 milhões de participantes ativos e um tíquete médio de R$ 41,3 mil, valores que superam em 5,2% e 5,9%, respectivamente, o alcançado em abril de 2016. No 1º quadrimestre do ano, as vendas de novas cotas (345,6 mil) e o volume de créditos comercializados (R$ 14,3 bilhões) acumularam altas de 16,2% e 22,1%, nesta ordem, em relação ao 1º quadrimestre de 2016. Nesta mesma comparação, as contemplações (177,5 mil) caíram 2,5% e o volume de créditos disponibilizados (R$ 7,24 bilhões) baixou 1,9%.

Consórcio de motocicletas: em abril, o tíquete médio do consórcio de motocicletas foi de R$ 8,4 mil, valor que é 9,1% maior ao alcançado em abril de 2016. No 1º quadrimestre do ano, o volume de créditos comercializados apresentou estabilidade em relação ao mesmo período de 2016, fechando em R$ 2,33 bilhões. Na mesma base de comparação, as vendas de novas cotas (278 mil), as contemplações (186,5 mil) e o volume de créditos disponibilizados (R$ 1,99 bilhão) tiveram quedas de 7,4%, 24,2% e 24%, respectivamente. O total de participantes ativos em abril (2,36 milhões) foi 13,6% menor do que o alcançado um ano antes.

Consórcio de veículos pesados: as vendas de novas cotas (14,15 mil) e o volume de créditos comercializados (R$ 2,07 bilhões) registraram crescimento de 20,1% e de 17,6%, respectivamente, de janeiro a abril de 2017, em relação ao mesmo período de 2016. Na mesma base de comparação, as contemplações (9,55 mil) e o volume de créditos disponibilizados (R$ 1,35 bilhão) tiveram queda de 12% e 11,2%, nesta ordem. Em abril de 2017, esse segmento contou com 277,5 mil consorciados, queda de 2,4%, e o tíquete médio foi de R$ 146,4 mil, retração de 1,6%, na comparação com abril de 2016.

Consórcio de imóveis: no 1º quadrimestre de 2017, o volume de créditos comercializados (R$ 9,99 bilhões) e as vendas de novas cotas (75,7 mil) representaram altas de 39,1% e de 19,2%, em comparação com o mesmo período de 2016. Em abril, o segmento registrou ainda alta de 17,8% no tíquete médio em relação ao mesmo mês do ano anterior, fechando em R$ 131,8 mil. De janeiro a abril, as contemplações (22,5 mil) e o volume de créditos disponibilizados (R$ 2,26 bilhões) baixaram 9,3% e 8,5%, respectivamente, quando comparados ao 1º quadrimestre de 2016. Os 795 mil participantes ativos consolidados em abril representaram queda de 1,7% ao registrado em abril de 2016.

Consórcio de eletroeletrônicos: de janeiro a abril de 2017, esse segmento registrou alta de 38,8% no volume de créditos comercializados (R$ 26,56 milhões) e de 31,6% em vendas de novas cotas (5,5 mil), na comparação com o mesmo período de 2016. Já em abril, o tíquete médio teve alta de 4,3% e fechou em R$ 4,8 mil. No 1º quadrimestre de 2017, em relação ao 1º quadrimestre de 2016, as contemplações (2,4 mil) baixaram 17% e os créditos disponibilizados (R$ 12,84 milhões) foram 16,8% inferiores. O total de participantes ativos nesse segmento foi de 26 mil em abril, queda de 4,1% em relação ao mesmo mês do ano anterior.

Consórcio de serviços: esse segmento registrou expansão em todos os seus indicadores, com altas que chegaram a 153,8% e 126,3%, em volume de créditos comercializados (R$ 60,95 milhões) e vendas de novas cotas (8,6 mil), respectivamente, no acumulado de janeiro a abril, em relação ao mesmo período do ano passado. Na mesma base de comparação, as contemplações (4,08 mil) cresceram 31,6% e o volume de créditos disponibilizados (R$ 22,69 milhões), representou alta de 31,4%. Em abril, o número de participantes ativos fechou em 41,5 mil, crescimento de 25,8%, e o tíquete médio foi de R$ 7 mil, expansão de 14,8%.

Sistema de Consórcios em geral

Confira o desempenho do Sistema de Consórcios em abril desse ano, em comparação ao do ano passado.

Participantes ativos consolidados (consorciados em grupos em andamento)
– 6,92 milhões (janeiro-abril/2017)
– Retração: 2,8%

Vendas de novas cotas (novos consorciados)
– 727,5 mil (janeiro-abril/2017)
– Crescimento: 6,9%

Volume de créditos comercializados
– R$ 28,78 bilhões (janeiro-abril/2017)
– Crescimento: 25%

Tíquete médio geral (valor médio da cota no mês)
– R$ 42,7 mil (janeiro-abril/2017)
– Crescimento: 21%

Contemplações (consorciados que tiveram a oportunidade de comprar bens)
– 402,5 mil (janeiro-abril/2017)
– Retração: 14,3%

Volume de créditos disponibilizados
– R$ 12,88 bilhões (janeiro-abril/2017)
– Retração: 8,1%

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*