fbpx

Sistema de Consórcios em abril/2020: dados econômicos

12 . jun . 2020

Os efeitos econômicos da pandemia começaram a ser percebidos no Sistema de Consórcios. O balanço do 1º quadrimestre do ano mostrou que houve redução de 8,6% nas vendas de novas cotas. Porém, quando analisados os dados de cada segmento, em quatro deles o resultado nas adesões permaneceu positivo.

Em paralelo à baixa das adesões, houve incremento nas contemplações. O total de contemplados cresceu 14,8%, chegando a 466,09 mil. Nos quatro primeiros meses de 2019, foram 406 mil contemplações. O total de recursos disponibilizados a esses consorciados alcançou R$ 19,3 bilhões, alta de 39,4%.

Mensalmente, o total de contemplados foi crescendo. Partiu de 106,69 mil, em janeiro, chegando a 126,48 mil, em abril. Só em março, quando chegou a 117,90 mil, para abril, período de forte isolamento social pela presença da Covid-19, a evolução foi de 7,3%.

Veja abaixo os principais indicadores do Sistema de Consórcios no 1º quadrimestre de 2020:

Confira a seguir como ficou o desempenho dos mesmos indicadores em cada segmento do consórcio. Os dados se referem ao 1º quadrimestre de 2020 (janeiro a abril), em comparação com o mesmo período de 2019. Eles foram disponibilizados pela assessoria econômica da ABAC.

Consórcio de Veículos Leves

No 1º quadrimestre de 2020, as contemplações cresceram tanto em número, quanto em volume de créditos disponibilizados. Foram 216,44 mil contemplados pelo consórcio de veículos leves, contingente 13,2% superior ao alcançado um ano antes. Eles receberam R$ 9,25 bilhões em créditos, volume que representa alta de 18,7%.

Consórcio de Motocicletas

As adesões ao consórcio de motocicletas registraram queda de 23,8%, com a venda de 275,93 mil cotas no acumulado até abril de 2020. Porém, a soma dos valores dos contratos aumentou 15,5%. Com isso, o segmento fechou com faturamento de R$ 3,72 bilhões no mesmo período.

Consórcio de Veículos Pesados

Enquanto os outros segmentos de veículos registraram queda nas adesões, o consórcio de veículos pesados aumentou em 16,2% as vendas de novas cotas. No total, foram vendidas 32,06 mil entre janeiro e abril deste ano. O volume de créditos comercializados, decorrentes dessas adesões, cresceu 18,6% e chegou a R$ 5,23 bilhões.

Consórcio de Imóveis

No mês de abril, o valor médio da cota contratada ficou em R$ 186,77 mil, sendo o maior entre todos os segmentos do consórcio. Trata-se de uma valorização de 26,2% em relação ao registrado em abril de 2019. Nessa mesma comparação, o total de participantes ativos no consórcio de imóveis segue se aproximando de 1 milhão. Fechou em 964,46 mil consorciados, aumento de 5,4%.

Consórcio de Serviços

As adesões ao consórcio de serviços mais que dobraram em relação aos primeiros quatro meses de 2019. A alta foi de 111,7%, com a venda de 46,15 mil cotas. Esse aumento nas adesões fez com que crescesse também o faturamento do segmento: chegou a R$ 346,14 milhões, num incremento de 101,1%.

Consórcio de Eletroeletrônicos

O total disponibilizado pelo consórcio no 1º quadrimestre de 2020 é quatro vezes maior que nos quatro primeiros meses de 2019. Foram R$ 84,23 milhões, num aumento que chegou a 311,5%. O recurso foi cedido aos 11,37 mil contemplados no período, grupo 170,7% superior ao registrado um ano antes.

Categoria(s):

Drops de Mercado

Tag(s):

, , ,

Deixe seu comentário

*

Receba novidades



ENVIE SUGESTÕES
DE POSTAGENS