Publicado em 30/10/2018 as 16:23H
Drops de Mercado

Serviços residenciais são os mais contratados pelos consorciados

No momento de utilizar os créditos obtidos mediante contemplação, a contratação de serviços residenciais continua na preferência do consorciado desse segmento. Conheça os dados levantados pela nova pesquisa do segmento de serviços, realizada pela assessoria econômica da ABAC.

O estudo foi realizado em setembro, junto a administradoras associadas à ABAC que atuam no segmento de serviços. Em relação ao estudo anterior, divulgado em fevereiro de 2018 (clique aqui para ler), a utilização dos créditos para contratação de serviços residenciais subiu quase 34 pontos percentuais. Passou de 54,5%, em fevereiro, para 88,3%, em setembro de 2018.

A proporção de contratação de outros tipos de serviços também foi constatada pelo levantamento. O segundo lugar, que ficou com Festas e Eventos, subiu de 5,2%, em fevereiro, para 6,2%. Saúde e Estética ficou na terceira colocação, com 2,9%, ante 1,8% no levantamento anterior. A contratação de serviços de turismo, com 2%, também teve alta, já que em fevereiro teve 1,2%.

Consórcio de serviços oferece diversidade no uso dos créditos

O interesse pelo consórcio de serviços é crescente no País. Em dois anos, o número de participantes ativos cresceu mais de 87%. Passou de 35 mil, em julho de 2016, para 65,5 mil, em julho de 2018. A diversidade de opções para utilização dos créditos pelos consorciados contemplados é uma das principais razões para esse crescimento.

A variedade pode ser constatada analisando a categoria “Outros”, da pesquisa realizada pela assessoria econômica da ABAC. Nesta categoria, foram identificados os seguintes serviços:

  • Assessoria advocatícia;
  • Aração de solo;
  • Assessoria financeira;
  • Assessorias diversas;
  • Aulas particulares;
  • Consertos em geral;
  • Criação de identificação visual em comunicação;
  • Corte e dobra de chapas;
  • Curso de autoescola;
  • Curso de piloto;
  • Desenvolvimento de sistemas;
  • Estofamento;
  • Fotografia;
  • Informática;
  • Instalações;
  • Locação de veículos;
  • Mecânica;
  • Montagens;
  • Mudanças;
  • Parto;
  • Pintura de veículo;
  • Produção de CDs;
  • Segurança;
  • Serviços odontológicos;
  • Telecomunicações;
  • Treinamento;
  • Terraplanagem.

Para o presidente executivo da ABAC, Paulo Roberto Rossi, a flexibilidade do consórcio de serviços contribui para o crescimento desse segmento, “especialmente quando considerados outros benefícios, como custos adequados e prazos mais longos para pagamento”.

Dados gerais do consórcio de serviços

A participação de pessoas jurídicas no consórcio de serviços cresceu no levantamento realizado em setembro, em comparação com o de fevereiro. Atingiu 16,4%, vindo de 14,8% no início do ano. O percentual de 83,6% de pessoas físicas é formado por 49,5% de homens e 34,1% de mulheres.

A pesquisa da ABAC constatou ainda que o prazo médio do consórcio de serviços foi de 42 meses. Já o valor médio do crédito foi de R$ 7,4 mil, variando de R$ 3 mil a R$ 30 mil. A taxa média mensal de administração praticada foi de 0,43% e o índice de correção mais praticado foi o IGPM, utilizado como referência em 95% dos contratos.

Veja o quadro resumo da pesquisa do consórcio de serviços, realizada em setembro de 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Um comentário sobre “Serviços residenciais são os mais contratados pelos consorciados”

  1. Josimar disse:

    Gostaria de oferecer meus serviços de construção,reformas e manutenção residenciais e comerciais em geral.