Publicado em 6/12/2016 as 13:52H
Drops de Mercado

Consórcio é opção de investimento para empresas

O consórcio tem atraído cada vez mais consumidores que planejam não apenas realizar sonhos pessoais e familiares, como empresariais. Por permitir programar a aquisição de bens e a contratação de serviços a médio e longo prazos, sem comprometer o capital de giro e a custos muitas vezes baixos, o consórcio tem sido uma importante opção de investimento para empresas.

Tradicionalmente, o consórcio conta com uma participação significativa de pessoas jurídicas no segmento de veículos pesados, por possibilitara aquisição de bens para transporte rodoviário de cargas e de passageiros e para o agronegócio, como caminhões, implementos rodoviários, tratores e equipamentos agrícolas. Porém, assessoria econômica da ABAC vem identificando significativa participação de empresas também em outros segmentos.

É o caso do consórcio de imóveis, que permite à empresa planejar, por exemplo, a aquisição de uma nova sede, de um terreno para ampliação industrial e até mesmo pagar obras de reforma ou construção. Segundo levantamento da ABAC, 13% dos participantes do consórcio de imóveis são empresas, e estima-se que elas respondem por de R$ 13,83 bilhões do total de créditos do segmento.

Outro segmento que vem se destacando e atraindo cada vez mais a participação empresarial é o consórcio de serviços. Pesquisa realizada em agosto de 2016 identificou que 3,6% de seus participantes ativos são pessoas jurídicas. Esse percentual é o dobro do registrado em outubro de 2015, quando a participação foi de 1,8%. O consórcio de serviços é o mais versátil do Sistema de Consórcios, podendo atender às empresas nas mais diversas necessidades: contratação de serviços advocatícios, assessorias diversas, consertos em geral, serviços de comunicação visual, desenvolvimento de sistemas, mão de obra para construção, montagem e instalação de equipamentos, segurança, dentre muitos outros.

Além do consórcio de imóveis e de serviços, outros segmentos podem atender aos objetivos dos empresários. O consórcio de veículos leves possibilita ao empresário programar a renovação gradual da frota, assim como o segmento de eletroeletrônicos e outros bens móveis possibilita planejar a atualização de aparelhos eletrônicos, computadores e mobília do escritório ao longo do tempo. A compra de maquinário e equipamentos para renovar, ampliar ou até mesmo abrir uma indústria também pode ser viabilizada pelo consórcio.

Consórcio para empresas: como funciona

As regras do consórcio são as mesmas independentemente se a pessoa é de natureza física ou jurídica. Após definição do tipo de bem ou serviço que será adquirido, basta escolher administradoras autorizadas pelo Banco Central e associadas à ABAC e escolher, entre as diversas opções de planos, aquele que oferece as melhores taxas e condições.

Com planejamento, é possível saber o valor necessário para fazer o investimento e o período em que é viável aguardar a contemplação, que pode acontecer por meio de lance. Seu planejamento pode ser realizado através da aquisição de quantas cotas forem necessárias. Leia mais no post Consórcio para empresa: planejar para crescer!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*