fbpx

Dicas para evitar golpes financeiros – parte 2

11 . set . 2020

Seja na vida real ou virtual, precisamos ficar atentos a pessoas oportunistas que querem aproveitar de nossa boa vontade. Mas como evitar golpes que podem causar sérios danos ao consumidor? Acompanhe a segunda parte de nossas dicas para fugir dessas armadilhas.

Verifique o remetente

Preste muita atenção nos remetentes e se certifique de que as ofertas estão vindo dos canais corretos. Uma boa dica é prestar atenção no endereço do site ou de quem enviou a mensagem: se não há menção à instituição, é um mau sinal.

Evite sites que não comecem com “https” ou não tenham um cadeado de segurança antes do endereço. Essas informações podem ser encontradas na barra de endereço do navegador, localizado na parte superior.

Formulários também podem ser golpe

Caso receba uma mensagem no WhatsApp ou por email solicitando qualquer informação sobre você ou o preenchimento de um formulário com dados pessoais para ter acesso a algum benefício, ignore a mensagem e bloqueie o remetente.

As principais fraudes no momento envolvem:

  • Benefício de renda mínima do governo federal;
  • Acesso gratuito a serviços como o Netflix, Now e TVs a cabo;
  • Pacotes gratuitos de internet no celular;
  • Agendamento de testes de coronavírus;
  • Envio de kits e produtos higiênicos gratuitos (álcool em gel, máscaras etc.)

Cuidado extra com ofertas de empréstimos

Golpistas poderão entrar em contato oferecendo empréstimos com condições diferenciadas em nome de bancos ou outras instituições financeiras. Para aplicar o golpe, eles exigem pagamentos prévios (depósitos, transferências etc.) como condição para liberar o crédito. Essa prática é proibida pelo Banco Central!

Ao receber ofertas de empréstimos:

  • Desconfie de ofertas muito vantajosas ou facilitadas que não exijam garantias, tais como avalistas ou fiadores, ou que não façam consultas a cadastros restritivos (SPC e Serasa, por exemplo);
  • Nunca faça pagamento inicial para obter empréstimos, principalmente em contas de pessoas físicas;
  • Evite contratar empresas desconhecidas. Veja se a instituição que oferta o empréstimo, financiamento ou consórcio é autorizada a funcionar pelo Banco Central.

No caso das administradoras de consórcios, todas as associadas à ABAC são autorizadas a funcionar pelo Banco Central. Clique aqui para conhecer quais são.

Cautela com promoções e prêmios 

Golpistas passam-se por empresas e oferecem prêmios e serviços a serem utilizados, mediante o preenchimento de um “voucher” ou formulário no qual é necessário inserir informações sigilosas como número de cartão de crédito/débito ou senhas bancárias. Para evitar golpes, tenha muita atenção com esse tipo de mensagem. Na dúvida, não forneça informação alguma e tente contato com a empresa que está identificada na mensagem.

Faça doações apenas para pessoas e instituições confiáveis

Tome também bastante cuidado com solicitações de doações. Dê preferência para instituições conhecidas, com informações e histórico disponíveis na internet, ou recomendações recebidas de amigos e familiares.

Evitar golpes? Na dúvida, pergunte!

Caso você tenha recebido um link ou uma mensagem e tenha dúvida se é um golpe ou não, existem estratégias a serem tomadas:

A oferta parece ser boa demais para ser verdade?É bem possível que não seja verdadeira. Desconfie, principalmente, de mensagens afirmando que empresas estão doando produtos, bebidas e outros itens. Há mensagens falsas até de doação de ovos de Páscoa.

Pergunte a amigos e familiares. Esses golpes se espalham rapidamente e é provável que algum conhecido tenha recebido a mesma mensagem estranha.

Busque na internet. Uma boa tática é buscar pelo nome da suposta empresa ou do produto/serviço oferecido juntamente com a palavra “golpe”.

Preste atenção em linguagem e formatação. É uma mensagem de aparência amadora? Há erros de português? Se for o caso, a mensagem provavelmente é falsa.

Essas dicas foram elaboradas com informações do Banco Central. Clique aqui para ler a Parte 1 do texto e conhecer outras recomendações.

Caso queira saber um pouco mais sobre fraudes financeiras, temos alguns posts que mostram como estelionatários se aproveitam da credibilidade do Sistema de Consórcios para aplicar golpes.

Categoria(s):

Dicas da ABAC

Tag(s):

Deixe seu comentário

*

Receba novidades




ENVIE SUGESTÕES
DE POSTAGENS